Busca avançada
Ano de início
Entree

Um sistema de oximetria sem fios

Processo: 06/61920-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas para o SUS
Vigência: 01 de maio de 2007 - 30 de junho de 2007
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos
Convênio/Acordo: CNPq - PPSUS
Pesquisador responsável:José Luiz Antunes de Almeida
Beneficiário:José Luiz Antunes de Almeida
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e Tecnologia. Universidade de Sorocaba (UNISO). Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Oximetria  Telemedicina  Assistência à saúde  Sensores biomédicos  Telemetria  Computação móvel  Wireless  Bluetooth 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_213_163_163.pdf

Resumo

O objetivo deste projeto de pesquisa é desenvolver um conceito de aquisição remota sem fios de dados de oximetria. O uso de novas tecnologias sem fio, especialmente Bluetooth provou ser uma boa maneira de monitorar a atividade de pacientes, pressão arterial, saturação de oxigênio no sangue, pressões internas, carregamento de dispositivos ortopédicos e endoscopia gastrointestinal. A meta do esforço deste projeto é desenvolver um sistema portátil pessoal de monitoramento, que consiste de três componentes: o sensor e o sistema de aquisição correspondente, aqui chamado oxímetro e sistema de controle, um módulo Bluetooth e um datalogger (estação PC). A estação PC será o mestre do sistema e irá controlar as requisições para aquisição de dados. Isso será feito usando sensores de oximetria comercialmente disponíveis, gerenciados por um processador a ser definido. Após a aquisição dos dados de saturação de oxigênio no sangue, os dados serão enviados a estação PC pelo módulo Bluetooth. Os dados adquiridos serão armazenados no datalogger estarão disponíveis localmente para os médicos ou poderão ser enviados mais adiante pela internet, intranet ou mesmo por telefone celular. Uma vez desenvolvido o conceito, mais sensores poderão ser acrescentados ao sistema uma vez que a tecnologia Bluetooth permite o estabelecimento de piconets com cada novo sensor sendo um novo participante. (AU)