Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do efeito neuroprotetor da estimulação magnética transcraniana e hipotermia em modelo de isquemia cerebral induzida

Processo: 08/51834-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2009 - 31 de maio de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Irineu Tadeu Velasco
Beneficiário:Irineu Tadeu Velasco
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neurologia  Encéfalo  Traumatismos encefálicos  Isquemia encefálica  Estimulação magnética transcraniana  Hipotermia induzida  Lesões das artérias carótidas 

Resumo

Estudaremos através de análise histológica, a lesão encefálica ocasionada a partir da isquemia induzida pela oclusão carotídea. Método: 120 gerbils serão divididos em seis grupos que seguirão protocolos diferentes de avaliação, recebendo treinamento em um aparato convencional para prova de avaliação de comportamento, posteriormente serão submetidos a estimulação magnética transcraniana ativa ou placebo, então submetidos a procedimento cirúrgico de clampeamento das carótidas cervicais, parte em regime de hipotermia e parte em normotermia. Após 48 horas deverão realizar prova de comportamento e memória para avaliação funcional, sendo posteriormente o animal sacrificado e realizado a análise histológica do encéfalo. Serão estudadas a extensão da lesão através do método da Hematoxilina e Eosina e também avaliação da ocorrência do processo de apoptose pelo método da anexina. Serão comparados os dados a fim de estabelecer se a hipotermia e a estimulação magnética e/ou a combinação entre ambas as técnicas exerceram função de proteção perante a isquemia. (AU)