Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e implementação de um simulador virtual de veículos submarinos de operação remota

Processo: 06/52009-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de setembro de 2006 - 29 de fevereiro de 2008
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Naval e Oceânica
Pesquisador responsável:Fábio Hildebrand Russo
Beneficiário:Fábio Hildebrand Russo
Empresa:Multicorpos Engenharia S/S Ltda
Município: São Carlos
Bolsa(s) vinculada(s):06/60546-3 - Desenvolvimento e implantação de um simulador virtual de veículos submarinos de operação remota, BP.PIPE
06/60445-2 - Desenvolvimento e implementação de um simulador virtual de veículos submarinos de operação remota, BP.TT
Assunto(s):Embarcações subaquáticas  Submarinos  Robôs 

Resumo

Um dos sistemas de confecção de infra-estruturas de material cerâmico de próteses parciais fixas (PPFs) envolve usinagem por processo CAD-CAM de blocos pré-sintetizados (corpos porosos), seguida de sinterização. Os blocos comercializados atualmente são de alumina e Y -TZP (zircônia tetragonal estabilizada com ítria), que tem potencial de se tomar o material predominante para confecção de PPFs totalmente cerâmicas, devido à sua elevada resistência mecânica e tenacidade à fratura, Kic. Os blocos comerciais são importados e apresentam elevados preços, o que inibe a ampliação do seu emprego. Embora apresentem elevadas propriedades mecânicas, é desejável aumentar-se ainda mais estas propriedades para se confeccionar PPFs com mais elementos. O objetivo deste projeto é desenvolver blocos pré-sintetizados de menores custos de cerâmica Y -TZP, reforçada com partículas, e compósitoAl2O3-ZrO2 com desempenho superior aos blocos comerciais. Na FASE I do projeto será verificada a viabilidade técnica do desenvolvimento proposto. A metodologia de preparação das amostras de blocos pré-sinterizados envolverá as etapas de mistura/moagem dos pós, granulação, prensagem e pré-sinterização. Em seguida as amostras serão usinadas pelo processo CAD-CAM e sintetizadas. A caracterização envolverá: medição de tamanho e distribuição granulométrica dos pós, densidade, porosidade, retração linear, resistência à flexão, Kic, módulo de elasticidade, dureza, rugosidade superficial, dilatometria, análise microestrutural por MEV e DRX, adaptação marginal e análise de cor. Uma vez confirmada a expectativa de viabilidade do desenvolvimento proposto, na Fase II serão realizadas a implantação e otimização da linha de produção dos blocos pré-sinterizados (AU)