Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel da NAD(P)H oxidase nos mecanismos moleculares da fisiologia das células beta pancreáticas

Processo: 09/51893-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de dezembro de 2009 - 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Angelo Rafael Carpinelli
Beneficiário:Angelo Rafael Carpinelli
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Carla Roberta de Oliveira Carvalho
Bolsa(s) vinculada(s):12/16374-4 - Possíveis efeitos protetores de EPA e DHA contra apoptose induzida por palmitato em ilhotas pancreáticas em cultura, BP.DR
11/21299-9 - Efeitos da hiperglicemia e hiperlipidemia sobre a secreção de insulina e atividade da NAD(P)H oxidase em ilhotas pancreáticas, BP.DR
11/18993-0 - Identificação e localização da produção de radicais livres durante o processo secretório de insulina por nutrientes secretagogos: participação do complexo NADPH oxidase, BP.PD
+ mais bolsas vinculadas 11/08172-0 - Participação dos clock genes no processo de secreção de insulina na linhagem celular BRIN-BD11, BP.DR
10/52184-0 - Avaliação da secreção de insulina e espécies reativas de oxigênio e nitrogênio por ácidos graxos em linhagem INS-1E, BP.PD
10/09254-7 - Avaliação da expressão dos componentes da enzima NAD(P)H oxidase em tecidos muscular, hepático e adiposo em modelo experimental de resistência insulínica após o tratamento com losartan, BP.IC - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Células secretoras de insulina 

Resumo

Os últimos estudos desenvolvidos em nosso laboratório demonstraram que as células betas das ilhotas pancreáticas expressam a enzima NAD(P)H oxidase e que a diminuição da sua atividade compromete seriamente o metabolismo da glicose, as oscilações do cálcio intracelular, bem como a secreção de insulina induzida pela glicose. A exposição crônica de ilhotas isoladas às altas concentrações de glicose, ácidos graxos, ou interleucinas induzem alterações da expressão da enzima NAD(P)H oxidase. Além da glicose, dos ácidos graxos e das citocinas, a angiotensina II (Ang Il) via receptor ATl, ativa a enzima NAD(P)H oxidase em ilhotas pancreáticas isoladas e altera a secreção de insulina. Dados recém-publicados do nosso laboratório demonstram que a produção de peróxido de hidrogênio (H202) pelas ilhotas isoladas é drasticamente diminuída após inibição da atividade da NAD(p)H. Temos ainda fortes indícios de que a ativação da via das pentoses fosfato durante o processo de secreção de insulina induzido pela glicose, desempenha papel preponderante na manutenção do equilíbrio do estado de óxido-redução (redox) das células betas pancreáticas. Há evidências da participação da NADPH oxidase na instalação da resistência periférica à insulina durante o envelhecimento, quadro este parcialmente revertido pelo tratamento com a desidroepiandrosterona (DHEA). Assim, pretendemos nos aprofundar no estudo da participação da NAD(p)H oxidase e do H202 sobre os mecanismos celulares que acoplam o metabolismo da glicose à secreção de insulina e a participação da Ang II, DHEA e melatonina na regulação da atividade da enzima. As células BRIN-BD11 e INS-1E, que possuem características fisiológicas próximas às das células beta de ratos, serão também utilizadas. (AU)