Busca avançada
Ano de início
Entree

Ecologia da pesca artesanal em Paraty: forrageio ótimo e etnoecologia

Processo: 09/11154-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de fevereiro de 2010 - 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Alpina Begossi
Beneficiário:Alpina Begossi
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (PREAC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):12/16722-2 - Ecologia e etnoecologia da pesca artesanal no Brasil, AV.BR
Bolsa(s) vinculada(s):11/14701-5 - Ecologia e etnoecologia de robalos (Centropomidae) Centropomus undecimalis (Bloch, 1792) e Centropomus parallelus (Poey, 1860) na baia de Paraty, RJ, BP.MS
11/15629-6 - Etnoecologia: percepção e resiliência sobre o uso dos recursos pesqueiros e tecnologias de pesca em Paraty, RJ, BP.MS
Assunto(s):Ecologia humana  Pesca artesanal  Pescadores  Parati (RJ) 

Resumo

A falta de informação detalhada sobre a pesca artesanal contribui para as dificuldades em manejá-la, dentro do contexto das populações locais que dependem, economicamente, dessa atividade na costa da Mata Atlântica. Nesse estudo, focalizaremos as populações de pescadores artesanais da região de Paraty, Rio de Janeiro. É importante considerar, na ecologia de pescadores artesanais, pelo menos quatro aspectos: 1) o uso dos recursos pesqueiros e dos outros recursos naturais usados pelos indivíduos da comunidade, 2) o uso do espaço aquático, 3) o comportamento decisório dos pescadores e 4) o conhecimento local dos pescadores. Esse projeto visa, através de dois subprojetos, analisar o comportamento decisório dos pescadores, através dos modelos de forrageio ótimo (subprojeto 1) e o conhecimento local dos pescadores, através de estudos etnoecológicos, em um estudo de caso, sobre a garoupa, Epinephelus marginatus (subprojeto 2). Espera-se analisar e compreender as variáveis que orientam a escolha do pescado, as áreas de pesca, o tempo gasto na atividade de pesca, bem como os aspectos envolvidos em nos processos de decisão dos pescadores relacionados às atividades da pesca artesanal em Paraty; espera-se ainda caracterizar a pesca artesanal da garoupa, Epinephelus marginatus em Paraty, com relação as áreas de pesca, tempo de pesca e aparelhos utilizados, bem como com relação a informações etnoecológicas. (AU)

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVANO, RENATO A. M.; NORA, VINICIUS; ANDREOLI, TAINA B.; LOPES, PRISCILA F. M.; BEGOSSI, ALPINA. The `ghost of past fishing': Small-scale fisheries and conservation of threatened groupers in subtropical islands. MARINE POLICY, v. 75, p. 125-132, JAN 2017. Citações Web of Science: 2.
HUNTINGTON, HENRY P.; BEGOSSI, ALPINA; GEARHEARD, SHARI FOX; KERSEY, BETH; LORING, PHILIP A.; MUSTONEN, TERO; PAUDEL, PRAKASH K.; SILVANO, RENATO A. M.; VAVE, RON. How small communities respond to environmental change: patterns from tropical to polar ecosystems. Ecology and Society, v. 22, n. 3 2017. Citações Web of Science: 8.
PRIOLLI, REGINA H. G.; BAJAY, MIKLOS M.; SILVANO, RENATO A. M.; BEGOSSI, ALPINA. Population genetic structure of an estuarine and a reef fish species exploited by Brazilian artisanal fishing. Scientia Marina, v. 80, n. 4, p. 467-477, DEC 2016. Citações Web of Science: 1.
LIMA, EVELYN G.; BEGOSSI, ALPINA; HALLWASS, GUSTAVO; SILVANO, RENATO A. M. Fishers' knowledge indicates short-term temporal changes in the amount and composition of catches in the southwestern Atlantic. MARINE POLICY, v. 71, p. 111-120, SEP 2016. Citações Web of Science: 2.
BEGOSSI, ALPINA. The river and the sea: fieldwork in human ecology and ethnobiology. Journal of Ethnobiology and Ethnomedicine, v. 10, OCT 2 2014. Citações Web of Science: 0.
LOPES, PRISCILA F. M.; SILVANO, RENATO A. M.; NORA, VINICIUS A.; BEGOSSI, ALPINA. Transboundary Socio-Ecological Effects of a Marine Protected Area in the Southwest Atlantic. AMBIO, v. 42, n. 8, SI, p. 963-974, NOV 2013. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.