Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de uma plataforma para o estudo do metabolismo in vivo e in vitro de produtos naturais, uma necessidade para o sistema de ensaios pré-clínicos

Processo: 09/51812-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Temático
Vigência: 01 de janeiro de 2010 - 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:Norberto Peporine Lopes
Beneficiário:Norberto Peporine Lopes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisadores principais:Mônica Tallarico Pupo
Auxílios(s) vinculado(s):12/08570-8 - International congress on natural products research, AR.EXT
10/17087-3 - Visita do professor Matthias Bieckhaulpt ao Departamento de Química da FFCLRP-USP, AV.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):13/04188-4 - Estudo de metabolismo in vitro e inibição enzimática do produto natural piplartina empregando microssomas e superssomas hepático humano, BP.DR
12/18031-7 - Aplicação de MALDI-MS/MS na análise da vicenina-2 e correlatos: da compreensão dos processos ionizantes à geração de imagens, BP.PD
12/14408-9 - Disposição cinética, ligação às proteínas plasmáticas e metabolismo in vitro e in vivo das cucurbitacinas em ratos, BP.DR
+ mais bolsas vinculadas 12/10227-0 - Desenvolvimento e validação de um método UPLC-MS/MS para análise de Avicularina em plasma de ratos, BP.IC
12/03446-7 - Estudos de metabolismo in vitro do diterpeno clerodânico antitumoral casearina X, BP.DR
11/13560-9 - Estudo de metabolismo in vitro do alcalóide piplartina empregando microssomas hepático de ratos, BP.MS
11/13470-0 - Elucidação do metabolismo de complexo nitrosilo de rutênio como uma nova classe de metalo-droga: estudos in vitro e in vivo em solução aquosa e em sistema de liberação de drogas, BP.PD
11/13281-2 - Avaliação do metabolismo dos alcalóides de Erythrina verna, BP.PD
11/01303-1 - Biotransformação da ²-lapachona utilizando culturas microbianas: uma alternativa para estudos de metabolismo in vitro, BP.MS
11/01404-2 - Estudos de metabolismo in vitro de produtos naturais: biotransformação microbiana da piplartina, BP.MS
11/05800-0 - Avaliação de modelos químicos e microbiológicos para o estudo de bio(transformações) do antibiótico monensina a, BP.DR
11/11599-5 - Desenvolvimento de uma plataforma para o estudo do metabolismo in vivo e in vitro de produtos naturais, uma necessidade para o sistema de ensaios pré-clínicos, BP.TT
11/06541-8 - Desenvolvimento e validação de um método analítico para posterior aplicação em estudo de metabolismo in vitro da lignana(-)-grandisina, BP.IC
11/01089-0 - Desenvolvimento e validação de método cromatográfico para a quantificação de goyazensolido e seus derivados presentes em plasma de ratos, BP.PD
10/12765-3 - Estudo de transformações da lignana (-)-grandisina por micro-organismos e microssomas hepáticos: uma alternativa para o estudo da metabolização de novos fármacos, BP.PD
10/10564-0 - Estudo de metabolismo in vitro de uma naftoquinona biologicamente ativa - o lapachol, BP.PD
10/09137-0 - "estudos in vitro e in vivo do metabolismo dos compostos majoritários presentes no extrato das folhas de Lychnophora salicifolia Mart. (Asteraceae: Vernonieae)", BP.DR
10/07413-0 - Avaliação do metabolismo in vivo e in vitro e determinação dos parâmetros farmacocinéticos da budleína a e correlatos, BP.DR
10/06502-0 - Estudo de metabolismo in vitro de diterpenos biologicamente ativos, BP.PD - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Produtos naturais  Metabolismo  Fitoterapia 
Publicação FAPESP:http://www.fapesp.br/biota/biota_lopes.pdf

Resumo

Para os estudos clínicos e de estabilidade, é necessária a caracterização química dos extratos vegetais e a obtenção de marcadores, sendo esta etapa de relevância para a execução destes estudos. Estes padrões, por sua vez, devem ser obtidos e certificados quanto à sua identidade e pureza e alguns podem servir de inspiração para os químicos sintéticos e medicinais. Uma parte dessas abordagens tem sido realizada dentro do programa BioProspecta, contudo, falta de estudos do metabolismo, absorção e distribuição de ativos naturais é um dos grandes gargalos na pesquisa do país e da implementação de algumas fases de estudos pré-clínicos. Dentro deste cenário, o objetivo desta proposta é o estabelecimento de uma plataforma de trabalho, englobando 4 grandes grupos, sendo a primeira colaborativa com os grupos componentes do BioProspecta e de nossos pesquisadores na busca de novos produtos bioativos. A segunda estrutura visa o desenvolvimento de reações biomiméticas para obtenção de derivados estruturalmente semelhantes aos produzidos pelo sistema microssomal humano. O terceiro pilar visa os estudos de interpretação e aplicação das reações de decomposição em fase gasosa de micromoléculas ionizadas por ESI. Finalmente o quarto pilar busca aplicar todas essas informações em modelos in vivo utilizando um reduzido número de animais e permitindo uma interpretação do metabolismo de produtos naturais, essenciais nas fases iniciais dos estudos pré-clínicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Toxina da carambola é isolada