Busca avançada
Ano de início
Entree

Projeto e desenvolvimento de um simulador de forças da aeronave Embraer 312 T-27 Tucano

Processo: 05/51519-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2005 - 30 de novembro de 2007
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Antônio Carlos Shimano
Beneficiário:Antônio Carlos Shimano
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Gravidade  Doenças musculares  Treinamento físico  Aeronaves militares  Simulação (aprendizagem) 

Resumo

Oficiais aviadores da Força Aérea Brasileira são expostos quase que diariamente ao aumento da força da gravidade (força G). Esta força aumentada é aplicada sobre o braço direito devido à movimentação do manche, o que algumas vezes proporciona dores e lesões nos pilotos. Este estudo tem como objetivo quantificar essa força sobre os músculos do braço direito do piloto, projetando e desenvolvendo um simulador de forças da aeronave BEM 312/T-27 - Tucano. Será utilizado o manche com as dimensões, amplitudes de movimentos e as distâncias de acordo com a cabine original do Tucano. Para quantificar e simular as forças exercidas e os movimentos necessários em determinadas manobras de voo, serão utilizadas molas calibradas. Serão utilizadas 4 células de cargas para medir os valores dos esforços aplicados no manche. Provavelmente este simulador poderá ser usado para o treinamento muscular de cadetes em geral. Com a entrada de mulheres cadetes na Academia de Força Aérea este simulador também será de grande importância para avaliação das mesmas. (AU)

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

SIMULADOR DE FORÇAS EM MANCHE DE AERONAVE PI0802590-8 - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) ; Universidade de São Paulo (USP) . Antônio Carlos Shimano; Thiago Augusto Rochetti Bezerra - 13 de agosto de 2008

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.