Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial terapêutico de venenos de anfíbios e serpentes em Leishmaniose e Doença de Chagas

Processo: 05/00974-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2005 - 30 de abril de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:André Gustavo Tempone Cardoso
Beneficiário:André Gustavo Tempone Cardoso
Instituição-sede: Instituto Adolfo Lutz (IAL). Coordenadoria de Controle de Doenças (CCD). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças parasitárias  Leishmaniose  Doença de Chagas  Venenos de origem animal  Anfíbios  Serpentes 

Resumo

Dentre as principais doenças tropicais, as causadas por protozoários apresentam alta morbidade e/ou mortalidade, sendo representadas pela Leishmaniose e Doença de Chagas. Afetam grandes populações marginais ao processo econômico globalizado, e desta forma, não são vistas como mercados potenciais. O presente projeto visa a avaliação do potencial terapêutico de venenos de sapos e serpentes da fauna brasileira para o tratamento da Leishmaniose e Doença de Chagas, sendo realizado no Laboratório de Parasitologia do Instituto Adolfo Lutz de São Paulo, em colaboração com o Instituto Butantan. O presente estudo avaliará a eficácia in vitro e contra os diferentes estágios dos parasitas, de 10 venenos de sapos e 2 venenos de serpentes. Através de ensaios de citotoxicidade contra diferentes linhagens celulares de mamíferos, avaliar-se-á a potencialidade dos compostos em teste, determinando-se os Índices de Seletividade. Através de diferentes técnicas cromatográficas, será realizado o isolamento e a caracterização bioquímica do composto que apresentar maior potencial terapêutico. Estudos ultraestruturais em microscopia de transmissão eletrônica serão desenvolvidos com o objetivo de se identificar os possíveis alvos celulares do composto mais ativo nos protozoários estudados, resultando em uma avaliação inicial do mecanismo de ação. Ainda será desenvolvido um estudo experimental in vivo com um dos compostos isolados mais ativos, livre ou encapsulado em lipossomos estrategicamente dirigidos às células-alvo no tratamento da Leishmaniose Visceral, visando assim, o aumento do Índice Terapêutico e diminuição de sua potencial toxicidade... (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
REIMAO, JULIANA QUERO; MIGOTTO, ALVARO ESTEVES; KOSSUGA, MIRIAM H.; BERLINCK, ROBERTO G. S.; TEMPONE, ANDRE GUSTAVO. Antiprotozoan activity of Brazilian marine cnidarian extracts and of a modified steroid from the octocoral Carijoa riisei. Parasitology Research, v. 103, n. 6, p. 1445-1450, NOV 2008. Citações Web of Science: 26.
TEMPONE, ANDRE GUSTAVO; PIMENTA, DANIEL CARVALHO; LEBRUN, IVO; SARTORELLI, PATRICIA; TANIWAKI, NOEMI N.; DE ANDRADE, JR., HEITOR FRANCO; ANTONIAZZI, MARTA MARIA; JARED, CARLOS. Antileishmanial and antitrypanosomal activity of bufadienolides isolated from the toad Rhinella jimi parotoid macrogland secretion. Toxicon, v. 52, n. 1, p. 13-21, JUL 2008. Citações Web of Science: 70.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.