Busca avançada
Ano de início
Entree

Concentrações de tiamina e riboflavina no sangue e gravidade de crianças internadas em unidade de cuidados intensivos

Processo: 05/01559-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2005 - 30 de abril de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Heitor Pons Leite
Beneficiário:Heitor Pons Leite
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Pediatria  Unidades de terapia intensiva pediátrica  Desnutrição infantil  Deficiência de vitaminas  Tiamina  Riboflavina 

Resumo

O aumento do consumo, a falta de oferta e as medidas terapêuticas utilizadas no tratamento de pacientes em estado grave podem precipitar a carência de micronutrientes, em especial as vitaminas do complexo B, essenciais no metabolismo intermediário, com conseqüente impacto desfavorável sobre a evolução clínica. Ignora-se se a oferta de tiamina e de riboflavina - que é feita com base nas necessidades de pessoas saudáveis seria suficiente para manter os marcadores bioquímicos normais de pacientes em estado grave, situação na qual interagem vários fatores que podem precipitar ou agravar a carência de micronutrientes (aumento de consumo secundário ao hipermetabolismo, falta de oferta, redução da absorção intestinal, perdas por diarréia, sonda, fístula, diálise e uso de medicamentos). Não são conhecidas a prevalência e a incidência de tiamina e de riboflavina em crianças gravemente doentes, particularmente nas que são desnutridas. Dados clínicos, antropométricos e de história alimentar não são indicativos de carência em fases iniciais. Sendo os estados de carencia, em geral, subdiagnosticados, é desejável identificar-se a incidência, os fatores associados e grupos de pacientes que poderiam ser beneficiados com a suplementação destas vitaminas. Pacientes e Métodos: Em estudo de coorte prospectivo serão medidas as concentrações de tiamina e riboflavina (plasma e hemácias) por método baseado em HPLC em crianças admitidas na UTI. A unidade tem 9 leitos e atende pacientes do SUS, principalmente clínicos, neurocirúrgicos, cardiopatas clínicos ou cirúrgicos, com politrauma ou insuficiência respiratória. O coeficiente médio de ocupação é de aproximadamente 80%, o tempo médio de permanência é de 11,8 dias; mais da metade das crianças tem desnutrição já no momento da admissão. Estima-se que em período de coleta de dados de um ano sejam avaliados 200 pacientes. Serão obtidos 3ml de sangue no dia da admissão, no quinto e no décimo dia de internação... (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEITE, HEITOR PONS; PEIXOTO DE LIMA, LUCIO FLAVIO; TADDEI, JOSE AUGUSTO DE A. C.; PAES, ANGELA TAVARES. Effect of blood thiamine concentrations on mortality: Influence of nutritional status. NUTRITION, v. 48, p. 105-110, APR 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.