Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese, caracterização e atividade catalítica de sistemas biomiméticos e não-biomiméticos em reações de oxidação de hidrocarbonetos, utilizando o peróxido de hidrogênio como oxidante

Processo: 05/00720-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2005 - 30 de novembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:Katia Jorge Ciuffi Pires
Beneficiário:Katia Jorge Ciuffi Pires
Instituição-sede: Coordenadoria Adjunta de Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Catálise  Porfirinas  Oxidação  Catalisadores  Biomimética  Enzimas  Processo sol-gel 

Resumo

A heterogeneização de catalisadores homogêneos é um campo de crescente interesse e disputa não apenas por fatores econômicos, como ambientais, ecológicos e toxicológicos. Além do mais, processos que utilizam catalisadores são majoritários para fabricação de uma infinidade de produtos químicos e combustíveis que em muito têm contribuído para melhorar o padrão de vida dos seres humanos. Cerca de um quarto da produção mundial de monômeros e intermediários químicos são produzidos por oxidação seletiva utilizando-se catalisadores sólidos e por este motivo existe um grande interesse na pesquisa básica e aplicada nesta área. Processos oxidativos como epoxidação de olefinas, oxidações de hidrocarbonetos saturados ou aromáticos são fundamentais para a industria química e os produtos provenientes destes processos são o ponto de partida para várias sínteses. Na natureza várias enzimas contendo o grupo heme como sítio ativo, como por exemplo os Citocromos P-450, são capazes de realizar estas reações seletivamente e em condições brandas. Existe então um grande interesse em se modelar o sítio ativo destas enzimas na construção de catalisadores eficientes e seletivos . Desde o início da implantação do nosso grupo de pesquisas, que se consolidou com projeto de auxílio à pesquisa, financiado pela FAPESP 98/11022-3 (finalizado em 10/2004), temos utilizado o processo sol-gel, metodologia hidrolítica e não-hidrolítica, com bastante êxito, na construção de matrizes de matrizes poliméricas de sílica, alumina, aluminossilicatos ou titanatos. Este processo mostrou-se uma ferramenta bastante poderosa não apenas para suportar e modular sitio ativo de catalisadores, como também precursores para guia de ondas, sensores lasers e outros materiais com propriedades luminescentes... (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.