Busca avançada
Ano de início
Entree

A oxigenação muscular periférica durante o exercício dinâmico em pacientes com DPOC: efeitos da redução do trabalho ventilatório induzida pela ventilação não-invasiva com pressão positiva

Processo: 05/00722-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2005 - 31 de maio de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia do Esforço
Pesquisador responsável:José Alberto Neder Serafini
Beneficiário:José Alberto Neder Serafini
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Exercício físico  Doença pulmonar obstrutiva crônica  Débito cardíaco  Respiração com pressão positiva 

Resumo

A elevação das demandas perfusivas musculares respiratórias durante o exercício, secundariamente ao aumento do trabalho resistivo e elástico, poderia, via reflexo simpatoneural vasoconstritor, redirecionar o fluxo sanguíneo periférico para a musculatura ventilatória, contribuindo para a intolerância ao esforço na doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Embora a ventilação não-invasiva com pressão positiva (VNIPP) tenha se mostrado eficaz em reduzir o trabalho ventilatório - inclusive no exercício - nenhum estudo prévio parece ter avaliado o efeito da VNIPP na oxigenação muscular periférica desta população. Objetivo Principal: Analisar o impacto da redução do trabalho ventilatório, como induzida pela VNIPP, na perfusão sangüínea da musculatura periférica de pacientes com DPOC. Desenho do Estudo: Estudo prospectivo, transversal, controlado e cruzado. Material: 10 pacientes não-hipoxêmicos (PaO2 acima do limite inferior da normalidade para a idade) e 10 hipoxêmicos com doença moderada a grave (VEF1/CVF < 0,7 e VEF1 entre 30 e 60% do previsto), em estabilidade clínica, como sugerida por inalteração do esquema terapêutico nos 2 meses precedentes e sem o uso de corticosteróides orais Métodos: Os participantes serão inicialmente submetidos a um teste cardiopulmonar incremental em cicloergômetro. Subsequentemente, em dias separados, os pacientes realizarão 4 testes de carga constante, até o limite da tolerância (80% da carga máxima), recebendo as seguintes intervenções: (i) VNIPP (ventilação assistida proporcional), (ii) O2 suplementar, (iii) VNIPP + O2 e (iv) situação controle (sham)... (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARRASCOSSA, CLAUDIA R.; OLIVEIRA, CRISTINO C.; BORGHI-SILVA, AUDREY; FERREIRA, ELOARA M. V.; MAYA, JOYCE; QUEIROGA, JR., FERNANDO; BERTON, DANILO C.; NERY, LUIZ E.; ALBERTO NEDER, J. Haemodynamic effects of proportional assist ventilation during high-intensity exercise in patients with chronic obstructive pulmonary disease. Respirology, v. 15, n. 8, p. 1185-1191, NOV 2010. Citações Web of Science: 14.
BORGHI-SILVA, A.; OLIVEIRA, C. C.; CARRASCOSA, C.; MAIA, J.; BERTON, D. C.; QUEIROGA, JR., F.; FERREIRA, E. M.; ALMEIDA, D. R.; NERY, L. E.; NEDER, J. A. Respiratory muscle unloading improves leg muscle oxygenation during exercise in patients with COPD. THORAX, v. 63, n. 10, p. 910-915, OCT 2008. Citações Web of Science: 83.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.