Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de fertilizante orgânico silicatado a partir de resíduos agroindustriais

Processo: 09/53735-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de junho de 2010 - 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Juliana Garcia Carvalho Pupatto
Beneficiário:Juliana Garcia Carvalho Pupatto
Empresa:Água da Mata Desenvolvimento Sustentável Ltda
Município: Botucatu
Auxílios(s) vinculado(s):11/51805-3 - Desenvolvimento de fertilizante orgânico silicatado a partir de resíduos agroindustriais, AP.PIPE
Bolsa(s) vinculada(s):10/09787-5 - Desenvolvimento de fertilizante orgânico silicatado a partir de resíduos agroindustriais, BP.PIPE
Assunto(s):Agricultura orgânica  Silício  Resíduos agrícolas  Resíduos industriais  Adubação foliar  Fertilizantes biológicos  Chá 

Resumo

Com a crescente demanda mundial por alimentos mais saudáveis, a agricultura orgânica tornou-se uma alternativa de renda para os pequenos agricultores e diversos fatores podem contribuir para o sucesso nessa atividade. A tendência do aproveitamento integral de resíduos é uma necessidade cada vez maior na indústria moderna, devido à crise energética mundial e a busca de fontes alternativas de energia renovável. O silício recentemente aceito como micronutriente benéfico, tem despertado grande interesse pelo meio científico e acadêmico sendo que diversas pesquisas tem demonstrado cientificamente seus benefícios. Já se tem reconhecimento de sua importância à proteção das plantas e estresses ambientais bióticos e abióticos, como ataque de pragas e doenças e resistência ao estresse hídrico. Este micronutriente é importante nas relações planta-ambiente, pois pode dar à cultura melhores condições para suportar adversidades climáticas, edáficas e biológicas, tendo como resultado final o aumento e maior qualidade na produção. As plantas ficam mais resistentes aos ataques de doenças fúngicas e insetos-pragas, melhora a durabilidade na pós-colheita e o aspecto fitossanitário. As qualidades organolépticas são intensificadas, os frutos ficam com mais sabor, aroma e mais ricos em açúcares. A utilização de resíduos gerados em grande quantidade por setores da produção agroindustrial possibilita indiretamente sua volta para a agricultura e diminui o impacto ambiental. A produção de produtos mais saudáveis recorre à necessidade de não se utilizar produtos químicos, sendo a elaboração de uma fonte natural de silício vantajosa nesse sentido, uma vez que possibilita as plantas diversas vantagens em seu metabolismo e componentes estruturais. O objetivo da proposta da empresa, através de pesquisa cientifica, é o desenvolvimento tecnológico de uma fonte orgânica de silício, pelo aproveitamento de diferentes resíduos agroindustriais, através de sua extração pelos processos de fermentação e decocção. A elaboração do fertilizante foliar orgânico de silício será feita pela definição da melhor proporção dos resíduos agroindustriais, tipo de extração (chá e biofertilizante), teor de silício e composição química. Serão conduzidos dois experimentos paralelos o esquema fatorial será 4x2, com 4 repetições . Os tratamentos serão 4 combinações do resíduo contendo silício com resíduos contendo meio extrator natural em 2 quantidades. Serão realizadas análises químicas para definir a composição de cada tratamento principalmente quanto ao teor de silício, nas 4 repetições e para os 2 experimentos. Espera-se com a realização destes processos quantificar a melhor composição e projetar sua extração em grande escala, prevendo futuramente sua comercialização. O produto gerado será protegido por patente. (AU)

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

BIOPROCESSO DE EXTRAÇÃO DE SILÍCIO DO RESÍDUO AGROINDUSTRIAL CASCA ARROZ COM O EXTRATOR NATURAL ÁCIDO CÍTRICO, PROVENIENTE DE RESÍDUO DA INDÚSTRIA CITRÍCOLA, PARA O FERTILIZANTE ORGÂNICO SILICATADO BR1020120328461 - Água Da Mata Desenvolvimento Sustentável Ltda . Juliana Garcia Carvalho Pupatto - 21 de dezembro de 2012

BIOPROCESS FOR EXTRACTING SILICON FROM THE AGRO-INDUSTRIAL WASTE RICE HUSK USING THE NATURAL EXTRACTANT CITRIC ACID, WHICH IS DERIVED FROM WASTE FROM THE CITRUS INDUSTRY, FOR DEVELOPING AN ORGANIC SILICATE FERTILIZER PCT/BR2013/000586 - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) . Juliana Garcia Carvalho Pupatto - 31 de dezembro de 2013

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.