Busca avançada
Ano de início
Entree

Homeostase energética em diferentes linhagens de camundongos: influência da alimentação, miméticos da atividade física e genética

Resumo

A epidemia de obesidade tem avançado rapidamente em países ricos e em desenvolvimento. Esta rápida disseminação está fortemente atrelada ao estilo de vida da sociedade ocidental, embora já haja indícios de maior incidência nas sociedades orientais. Múltiplos fatores somam-se aos riscos de desenvolvimento da doença, sendo os principais: 1) alimentação; 2) sedentarismo e 3) fatores genéticos. Enquanto os dois primeiros estão diretamente ligados ao estilo de vida, o último mostra-se extremamente complexo e longe de um denominador comum. Muitos dos tratamentos vigentes atacam os dois primeiros fatores, restando muito pouco a se fazer quanto ao terceiro, devendo-se muito à falta de conhecimento da influência deste sobre o metabolismo como um todo. Neste sentido, um estudo sistemático, comparando diferentes patrimônios genéticos em diferentes contextos, isto é, diferentes demandas de carga calórica ou de composição de macronutrientes poderiam trazer maior entendimento da dinâmica do desenvolvimento da doença. Em nosso projeto, buscamos uma melhor compreensão desta dinâmica entre patrimônio genético e respostas metabólicas a diferentes demandas calóricas ou macronutrientes. Utilizando a potente ferramenta de microarray, pretendemos salientar vias metabólicas e vias ainda não identificadas, como participantes de maior susceptibilidade ou mesmo resistência à obesidade induzida pela dieta. Paralelamente, pretendemos desenvolver um vetor viral, outra poderosa ferramenta para induzir expressão de proteínas de interesse em células em cultura e tecidos animais, visando promover a super-expressão seletiva de mIGF-1, um potente fator trófico muscular. Nesta série de experimentos, pretendemos induzir hipertrofia de fibras musculares do tipo I, lentas oxidativas avaliando seu impacto sobre o metabolismo muscular. Desta forma, este estudo visa uma busca sistemática de novas estratégias para o combate à epidemia de obesidade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NASCIMENTO-SALES, MICHELLE; FREDO-DA-COSTA, IZABELLE; BORGES MENDES, ADRIANE C. B.; MELO, SUZANE; RAVACHE, THAIS T.; GOMEZ, THIAGO G. B.; GAISLER-SILVA, FERNANDA; RIBEIRO, MIRIAM O.; SANTOS, JR., ARNALDO R.; CARNEIRO-RAMOS, MARCELA S.; CHRISTOFFOLETE, MARCELO A. Is the FVB/N mouse strain truly resistant to diet-induced obesity?. PHYSIOLOGICAL REPORTS, v. 5, n. 9 MAY 2017. Citações Web of Science: 2.
OLIVEIRA, MARCELA; ASSIS, DIEGO M.; PASCHOALIN, THAYSA; MIRANDA, ANTONIO; RIBEIRO, ELIANE B.; JULIANO, MARIA A.; BROEMME, DIETER; CHRISTOFFOLETE, MARCELO AUGUSTO; BARROS, NILANA M. T.; CARMONA, ADRIANA K. Cysteine cathepsin S processes leptin, inactivating its biological activity. Journal of Endocrinology, v. 214, n. 2, p. 217-224, AUG 2012. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.