Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da efetividade da desinfecção por microondas sobre próteses totais contaminadas: estudos in vitro e in vivo

Processo: 05/02384-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2006 - 31 de janeiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Ana Cláudia Pavarina
Beneficiário:Ana Cláudia Pavarina
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):06/02468-6 - Avaliação da efetividade da desinfecção por microondas sobre próteses totais contaminadas. estudos "in vitro" e "in vivo", BP.TT
Assunto(s):Prótese dentária  Prótese total  Higienizadores de dentadura  Análise microbiológica 

Resumo

O objetivo deste estudo será avaliar in vitro e in vivo a efetividade da desinfecção por microondas sobre próteses totais. No estudo in vitro, serão confeccionadas 60 próteses totais que serão inoculadas em meios de cultura com os seguintes microrganismos: S aureus (gram-positivo), P. aeruginosa (gram-negativo) e B. subtilis (aeróbico esporulado), incubados por 48 horas a 37°C. Após a contaminação, 30 próteses totais (n=10 para cada microrganismo) não serão desinfetadas (controle). As demais (n=30) serão submetidas à desinfecção em microondas, a uma potência de 650 W durante 3 minutos. Diluições seriadas serão plaqueadas em placas de Petri com meio de cultura seletivo para cada microrganismo. Após a incubação, durante 48 h e 7 dias, os números de unidades formadoras de colônias (ufc/mL) serão contados. Para o experimento in vivo, serão selecionados 60 indivíduos usuários de próteses totais superiores. Inicialmente, será realizada uma coleta na metade esquerda da superfície interna da prótese com a utilização de um swab. As amostras serão semeadas em meio cromogênico para Candida spp, em meios seletivos para mutans Streptococci e Staphylococcus spp e em meio não seletivo. Após o período de incubação, será quantificado o número de colônias microbianas para cada prótese. Posteriormente, os pacientes serão aleatoriamente distribuídos em três grupos (n=20), de acordo com o tempo de desinfecção em microondas proposto (A: 3, B: 4 ou C: 5 minutos/650 W). Após a desinfecção, novamente será coletada uma amostra da superfície interna da prótese com um swab, agora na metade direita. A seguir, serão realizados os procedimentos de semeadura, cultivo e contagem dos microrganismos nos mesmos meios utilizados na coleta inicial. Se após a desinfecção e incubação for constatado crescimento microbiológico nos meios seletivos, as espécies serão identificadas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SANITA, PAULA VOLPATO; PAVARINA, ANA CLAUDIA; GIAMPAOLO, EUNICE TERESINHA; SILVA, MARIANA MONTENEGRO; DE OLIVEIRA MIMA, EWERTON GARCIA; RIBEIRO, DANIELA GARCIA; VERGANI, CARLOS EDUARDO. Candida spp. prevalence in well controlled type 2 diabetic patients with denture stomatitis. Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology, Oral Radiology and Endodontology, v. 111, n. 6, p. 726-733, JUN 2011. Citações Web of Science: 27.
DOVIGO, LIVIA NORDI; PAVARINA, ANA CLAUDIA; RIBEIRO, DANIELA GARCIA; DE OLIVEIRA, JULIANA APARECIDA; VERGANI, CARLOS EDUARDO; MACHADO, ANA LUCIA. Microwave Disinfection of Complete Dentures Contaminated In Vitro with Selected Bacteria. JOURNAL OF PROSTHODONTICS-IMPLANT ESTHETIC AND RECONSTRUCTIVE DENTISTRY, v. 18, n. 7, p. 611-617, OCT 2009. Citações Web of Science: 19.
RIBEIRO, DANIELA GARCIA; PAVARINA, ANA CLAUDIA; DOVIGO, LIVIA NORDI; PALOMARI SPOLIDORIO, DENISE MADALENA; GIAMPAOLO, EUNICE TERESINHA; VERGANI, CARLOS EDUARDO. Denture disinfection by microwave irradiation: A randomized clinical study. Journal of Dentistry, v. 37, n. 9, p. 666-672, SEP 2009. Citações Web of Science: 17.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.