Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do uso de um sal mineral rico em molibdênio na prevenção da intoxicação cúprica acumulativa em ovinos

Resumo

A ovinocultura tem se expandido nesta última década nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil. Muitos criadores têm melhorado o sistema de criação introduzindo novas raças e técnicas de alimentação para intensificar a produção de cordeiros para o abate. Esta prática leva ao aparecimento de várias enfermidades, sendo uma delas a intoxicação por cobre. A frequência da intoxicação cúprica em ovinos no Brasil é alta, e vem aumentando nas últimas duas décadas devido à intensificação no manejo pelos ovinocultores. A intoxicação cúprica acumulativa (ICA) é considerada a 2a principal causa de mortes em ovinos no Rio Grande do Sul com 15,5% dos casos. Geralmente os prejuízos econômicos são grandes, pois a maioria dos animais acometida de ICA é de alto valor e com grande potencial zootécnico. Para a prevenção sugere-se a utilização de antagonistas do cobre como o molibdênio. Este projeto visa testar a eficiência de um sal mineral comercial com altos teores de molibdênio na prevenção da ICA. Vinte e cinco ovinos distribuídos em 5 grupos distintos receberão dietas diferenciadas quanto ao teor de cobre e molibdênio durante um período de 150 dias, avaliando a digestibilidade dos mesmos e comparando o metabolismo do cobre, em especial quanto a sua concentração nos estoques hepáticos, e o quadro clínico-laboratorial entre os diferentes grupos. Serão determinados os teores séricos de cobre, molibdênio, ceruloplasmina, uréia, creatinina, bilirrubinas e atividades de GGT e de AST; avalição da urina (cor, odor, densidade, pH, sedimento urinário); cobre e molibdênio hepático; digestibilidade de cobre e molibdênio; e avaliação do quadro clínico apresentado. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
A.C. ANTONELLI; R.A. BARRÊTO JÚNIOR; C.S. MORI; A.H.H. MINERVINO; U.M. SCHALCH; J.C.G. PACHECO; E.L. ORTOLANI. Utilização de sal mineral rico em molibdênio na prevenção da intoxicação cúprica acumulativa em ovinos - microminerais hepáticos. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 68, n. 3, p. -, Jun. 2016.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.