Busca avançada
Ano de início
Entree

Biomarcadores de efeito e exposição para compostos aromáticos em peixes da Baía de Santos e plataforma continental adjacente

Processo: 05/03801-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2006 - 31 de agosto de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia
Pesquisador responsável:Márcia Caruso Bícego
Beneficiário:Márcia Caruso Bícego
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Ecossistemas marinhos  Impactos ambientais  Poluição do mar  Poluentes da água  Biomarcadores  Peixes  Santos (SP) 

Resumo

O significado ecológico mais evidente da influência antropogênica se faz sentir na diminuição de recursos naturais e da diversidade de espécies. Nos primeiros níveis de organização, os organismos expostos aos poluentes podem sofrer alterações fisiológicas que podem causar queda nas taxas de crescimento, diminuição da fecundidade e aumento na mortalidade, dependendo da quantidade e do tempo de exposição. O uso de biomarcadores para avaliar a exposição e/ou efeitos de contaminantes tem recebido crescente atenção e ênfase globais nos últimos 15 anos, especialmente em programas nacionais de monitoramento em diversos países. Os compostos policíclicos aromáticos (CPAs) estão entre os principais contaminantes investigados para o estudo da monitoramento em ambientes marinhos, devido seus potenciais efeitos mutagênicos e carcinogênico para os organismos marinhos. Este monitoramento pode ser feito através de análise dos CPAs originais nos tecidos de peixes. Porém, estudos mostram que estes organismos são capazes de metabolizar estes compostos rapidamente, gerando compostos hidroxilados e hidrossolúveis, os quais são biotransformados no fígado e secretados para a vesícula biliar junto com a bile. A região da baía de Santos, que abriga atualmente diversas e intensas atividades-fonte de CPAs para o ambiente, enquadra-se em um crítico exemplo de degradação ambiental. Existe, portanto, a necessidade de fazer um monitoramento amplo para esta região, especialmente na interação de organismos com compostos orgânicos tóxicos de origem antropogênica. O projeto temático ECOSAN tem avaliado a influência dos diversos aspectos da contribuição continental antrópica deste complexo estuarino sobre o ecossistema da plataforma continental adjacente... (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BARRETO, ISANA SOUZA; RIZZATTI DE ALBERGARIA-BARBOSA, ANA CECILIA; PATIRE, VINICIUS FARIAS; SILVA, MARCIO DE JESUS; BALDASSIN, PAULA; TANIGUCHI, SATIE; MONTONE, ROSALINDA CARMELA; GALLO, HUGO; MARANHO, ANDREA; BICEGO, MARCIA CARUSO. Bioavailability of polycyclic aromatic hydrocarbons to penguins on the coast of southeastern Brazil. Marine Pollution Bulletin, v. 157, AUG 2020. Citações Web of Science: 0.
RIZZATTI DE ALBERGARIA-BARBOSA, ANA CECILIA; DA SILVA, DENIS ALBUQUERQUE MOREIRA; DA SILVA ROCHA, ARTHUR JOSE; TANIGUCHI, SATIE; PATIRE, VINICIUS FARIA; DIAS, JUNE FERRAZ; FERNANDEZ, WELLINGTON SILVA; BICEGO, MARCIA CARUSO. Evaluation of polycyclic aromatic hydrocarbons bioavailability on Santos Bay (Brazil) through levels of biliary metabolites. Marine Pollution Bulletin, v. 129, n. 2, p. 822-828, APR 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.