Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de fatores de risco para infestação de edificações por Aedes aegypti e de tipos de recipientes de maior produtividade de pupas, São José do Rio Preto, SP

Processo: 05/02800-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2006 - 31 de agosto de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Pesquisador responsável:Francisco Chiaravalloti Neto
Beneficiário:Francisco Chiaravalloti Neto
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Controle de vetores  Aedes aegypti  Dengue  Vírus da dengue  Pupa  São José do Rio Preto (SP)  Área urbana  Edificações 

Resumo

Introdução: A infestação do Aedes aegypti não ocorre, em uma determinada localidade, de maneira homogênea e deve variar em função das características dos recipientes e das edificações. Objetivo: Identificar fatores de risco para a infestação das edificações por pupas de Aedes aegypti e os tipos de recipientes com maiores produtividades de pupas. Material e métodos: O estudo será realizado na área urbana de São José do Rio Preto, que foi dividida em 14 Áreas de Controle de Vetores para o desenvolvimento das atividades de vigilância e controle da dengue pela Equipe Municipal de Controle da Dengue da Secretaria Municipal de Saúde e Higiene do Município. Em uma amostra de 6.600 edificações, a serem selecionadas entre as Áreas de Controle de Vetores com maiores níveis de infestação, será feita, em janeiro e fevereiro de 2006, medida de densidade das formas imaturas do vetor para obtenção de indicadores entomológicos associados às larvas e pupas. Todas as larvas e pupas existentes em cada recipiente serão coletadas e identificadas. Em todos as edificações envolvidas serão medidos valores de variáveis relativas às edificações e aos seus moradores e/ou responsáveis, para identificação, através de regressão logística, daquelas que poderão ser consideradas como de risco para a presença de pupas nos imóveis. Os indicadores entomológicos larvários e de pupas serão correlacionados. Será obtida, segundo tipo de recipiente e ambiente (intradomicílio e peridomicílio), a produtividade de pupas. As edificações, nas quais os fatores de risco identificados estejam presentes, serão consideradas chave e os tipos de recipientes de maior produtividade de pupas serão considerados chave. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHIARAVALLOTI-NETO, FRANCISCO; PEREIRA, MARIZA; FAVARO, ELIANE APARECIDA; DIBO, MARGARETH REGINA; MONDINI, ADRIANO; RODRIGUES-JUNIOR, ANTONIO LUIZ; CHIEROTTI, ANA PATRICIA; NOGUEIRA, MAURICIO LACERDA. Assessment of the relationship between entomologic indicators of Aedes aegypti and the epidemic occurrence of dengue virus 3 in a susceptible population, Sao Jose do Rio Preto, Sao Paulo, Brazil. Acta Tropica, v. 142, p. 167-177, FEB 2015. Citações Web of Science: 5.
FAVARO, ELIANE A.; DIBO, MARGARETH R.; PEREIRA, MARIZA; CHIEROTTI, ANA P.; RODRIGUES-JUNIOR, ANTONIO L.; CHIARAVALLOTI-NETO, FRANCISCO. Aedes aegypti entomological indices in an endemic area for dengue in Sao Paulo State, Brazil. Revista de Saúde Pública, v. 47, n. 3, p. 588-597, JUN 2013. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.