Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização de resíduos da indústria de bio-energia na formulação de biopolímeros para aplicação na indústria de embalagens biodegradáveis e manufatura de dispositivos recicláveis da indústria eletro-eletrônica

Processo: 09/54664-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de junho de 2010 - 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Convênio/Acordo: ISTP Canada
Pesquisador responsável:Carlos Alberto Flávio Correa
Beneficiário:Carlos Alberto Flávio Correa
Pesq. responsável no exterior: André Leclerc
Instituição no exterior: Casco Inc, Canadá
Empresa:Plasmacro Indústria e Comércio de Polímeros Ltda. - ME
Município: São Carlos
Bolsa(s) vinculada(s):10/15024-4 - Utilização de resíduos da indústria de bioenergia na formulação de biopolímeros para aplicação na indústria de embalagens biodegradáveis e manufatura de dispositivos recicláveis da indústria eletroeletrônica, BP.PIPE
Assunto(s):Reciclagem de resíduos urbanos  Resíduos industriais  Biocombustíveis  Biopolímeros  Blendas 

Resumo

Este projeto de pesquisa tem como finalidade o estabelecimento de um trabalho de cooperação bilateral na área de reaproveitamento de resíduos de biocombustíveis (glicerol e DDG-Dried Distiller Grains) e seu uso na formulação de bioplásticos obtidos a partir de processos biotecnológicos de modificação de polissacarídeos através de fungos. O projeto de pesquisa proposto será desenvolvido com apoio do Centre for Biopolymers and Biocomposites Processing (CBBP) da Universidade de Toronto no Canadá em cooperação com a empresa Casco Inc. O resultado da parceria entre o CBBP e a Casco será a biossíntese e formulação de um biopolímero denominado Polypearl. Na primeira etapa do projeto serão feitos ajustes da formulação do Polypearl com os resíduos bionergéticos e testes posteriores de compatibilização com um resíduo industrial de PVC reprocessado pela empresa Plasmacro para aplicações em dispositivos elétricos, segundo a nova normatização introduzida a partir de 2010 pelo INMETRO. O Polypearl também será testado para mistura com o PHB através do laboratório residual da Universidade Estadual Paulista (UNESP/Botucatu), neste caso para produção de bandejas termoformadas a serem testadas para uso em embalagens biodegradáveis. A equipe para desenvolvimento do projeto terá suporte acadêmico da Universidade de Toronto e de duas universidades de porte no país (UNESP e UFSCar), em colaboração com a empresa ComProducts do Brasil. A empresa proponente é a PLASMACRO Indústria e Comércio de Polímeros Ltda., ME, empresa do grupo Polikem Tecnologia em Polímeros Ltda., que atua no ramo de reciclagem de termoplásticos desde 2002 e está situada no município de São Carlos-SP. O PVC a ser utilizado no presente projeto estará sendo reprocessado pela empresa Polikem sendo fruto de um projeto de pesquisa apoiado por outro PIPE (Proc. 2009/52355-1) recém-aprovado ‘Reciclagem de resíduos de PVC provenientes de tubos para utilização em peças injetadas’ Como empresa colaboradora, também faz parte deste projeto a Com Products do Brasil que atuará como braço da Casco no país para nacionalização das matérias-primas e adaptação dos processos de produção inicialmente desenvolvidos no Canadá. Serão utilizados o Centro de Caracterização e Desenvolvimento de Materiais da Universidade Federal de São Carlos (CCDM/DEMa-UFSCar) e o Departamento de Engenharia de Materiais para apoio na caracterização reológica, testes físicos, ensaios elétricos e de biodegradação dos produtos obtidos. Tanto no ramo elétrico quanto no setor de embalagens, o mercado brasileiro passa por forte expansão em decorrência do aquecimento da atividade econômica nas áreas de construção civil e consumo de alimentos em todas as camadas da população. Portanto, a chance de sucesso tanto como inovação tecnológica como no aspecto comercial é bastante elevada face ao cenário econômico favorável. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.