Busca avançada
Ano de início
Entree

Cultivo hidropônico com fibra de coco e qualidade pós-colheita do antúrio IAC Eidibel

Resumo

O mercado consumidor mundial vem apresentando uma demanda crescente por produtos florícolas de alta qualidade; para o antúrio não é diferente. No Brasil, essa espécie vem apresentando um aumento das áreas produtoras, conseqüentemente refletindo no aumento da produção de flores de corte e vaso. A variedade brasileira mais cultivada é a IAC Eidibel, porém nota-se que grande parte de suas flores não apresentam uniformidade de cor, formato, tamanho, comprimento e retidão das hastes, o que poderia ser explicado pela utilização de mudas que estariam sendo propagas indiscriminadamente. Este trabalho tem como o principal objetivo, avaliar os principais indicadores de qualidade pós-colheita de flores de antúrio oriundas de plantas de cultura de tecidos e cultivadas em sistema hidropônico fechado com fibra de coco. Serão cultivados antúrios IAC Eidibel em sistema hidropônico com substrato em ambiente controlado, por um período de dois anos. A produção de flores do cultivo será analisada em termos qualitativos através de análises físicas: colorimétrica, formato, tamanho de flor e comprimento e retidão de haste. Com os resultados obtidos, espera-se que as flores de antúrio IAC Eidibel, oriundas de plantas obtidas através da técnica de cultura de tecidos e cultivadas em sistema hidropônico fechado com fibra de coco, apresentem uniformidade dos principais indicadores de qualidade pós-colheita dessa flor. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)