Busca avançada
Ano de início
Entree

Prospecção de genes e triagem in silico e in vitro da atividade biológica de genes da glândula de peçonha de Parawixia bistriata

Resumo

Os animais peçonhentos desenvolveram, ao longo de sua evolução, compostos químicos capazes de atordoar, paralisar ou mesmo matar predadores e presas. Muitos dos componentes das peçonhas funcionam como potentes neurotoxinas e neuroprotetores, com especificidades e afinidades dirigidas para receptores, transportadores e canais iônicos neuroniais e gliais, além de atividades potencialmente analgésicas, antidepressivas e anticonvulsivantes em mamíferos ou mesmo inseticidas em invertebrados. Além disso, alguns compostos apresentam propriedades outras como a antibacteriana, antifúngica e antitumoral, ampliando ainda mais as perspectivas de estudo e a oferta de materiais de interesse biotecnológico. Assim esse projeto prevê a prospecção de genes de interesse em glândula de peçonha da aranha Parawixia bistriata, pelo sequenciamento de clones de uma biblioteca de cDNA, a identificação e a caracterização funcional ESTs encontrados. Serão utilizados tecidos da glândula de peçonha da aranha que, por apresentar-se em grande quantidade em nossa região, presta-se a ser utilizada como modelo na prospecção de novos produtos de interesse biotecnológico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)