Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da implementação de protocolo assistencial gerenciado na mortalidade por sepse em hospitais públicos do estado de São Paulo

Processo: 09/53227-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas para o SUS
Vigência: 01 de julho de 2010 - 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Convênio/Acordo: CNPq - PPSUS
Pesquisador responsável:Flavia Ribeiro Machado
Beneficiário:Flavia Ribeiro Machado
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sepse  Educação continuada  Mortalidade  Hospitais públicos 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_219_167_167.pdf

Resumo

Levando-se em conta os atuais dados nacionais, percebe- se que a mortalidade por sepse no país, mormente em hospitais públicos vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS), é muito elevada e bastante acima da média mundial. Esse fato, por si só, justifica o planejamento de ações voltadas para a sua redução. A Campanha de Sobrevivência à Sepse é uma iniciativa internacional que visa implementar diretrizes para tratamento desses pacientes. O presente estudo tem como objetivo avaliar a prevalência de sepse grave e choque séptico e sua taxa de mortalidade em nove instituições públicas do Estado de São Paulo, determinar a aderência às medidas iniciais de tratamento desses pacientes e avaliar o impacto do processo de educação continuada e do protocolo gerenciado de assistência, baseados nas diretrizes da campanha, na adequação desse tratamento e na mortalidade. O estudo será dividido em três fases com duração total de 24 meses. Os dados de prevalência, taxas de aderência às medidas de tratamento e mortalidade serão comparados no período pré e pós-intervenção. Os resultados encontrados, ao mostrarem a eficácia do processo, podem resultar em modelo a ser aplicado em outras instituições públicas no país. Desta forma, o presente estudo pode trazer benefícios para pacientes atendidos no SUS, contribuindo para a redução de mortalidade brasileira. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACHADO, FLAVIA RIBEIRO; FERREIRA, ELAINE MARIA; SCHIPPERS, PIERRE; DE PAULA, ILUSCA CARDOSO; VENDRAME SAES, LETICIA SANDRE; DE OLIVEIRA, JR., FRANCISCO IVANILDO; TUMA, PAULA; NOGUEIRA FILHO, WILSON; PIZA, FELIPE; GUARE, SANDRA; MANGINI, CLAUDIA; GUTH, GUSTAVO ZIGGIATTI; PONTES AZEVEDO, LUCIANO CESAR; RESENDE FREITAS, FLAVIO GERALDO; GOMES DO AMARAL, JOSE LUIZ; MANSUR, NACIME SALOMAO; SALOMAO, REINALDO; PROJECT, SPDM SEPSIS. Implementation of sepsis bundles in public hospitals in Brazil: a prospective study with heterogeneous results. CRITICAL CARE, v. 21, OCT 31 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.