Busca avançada
Ano de início
Entree

Importância da detecção de malária subclínica em doadores de sangue em zona não-endêmica

Processo: 09/53141-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas para o SUS
Vigência: 01 de julho de 2010 - 30 de setembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Convênio/Acordo: CNPq - PPSUS
Pesquisador responsável:Sergio Paulo Bydlowski
Beneficiário:Sergio Paulo Bydlowski
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doadores de sangue  Transfusão de sangue  Reação em cadeia por polimerase (PCR)  Malária  Plasmodium 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_221_168_169.pdf

Resumo

O projeto visa determinar a infecção subclínica pela malária (sorologia e análise molecular), em 600 candidatos à doação de sangue, potencialmente assintomáticos para a malária, provenientes de (ou que de alguma maneira estiveram) regiões remanescentes da Mata Atlântica do Estado de São Paulo, e em 600 doadores de sangue da população em geral (provenientes de outras áreas da grande SP). Deste modo, objetiva-se: - avaliar e validar as principais técnicas, sorológicas e moleculares, na eficiência da detecção desta infecção subclínica nos doadores de sangue. - conhecer a prevalência de doadores de sangue de diversas procedências, infectados pela malária, mas clinicamente assintomáticos. - identificar estes indivíduos com malária subclínica, reservatórios assintomáticos do parasita, encaminhando-os para tratamento e impedindo, assim, a transmissão não intencional por doação de sangue. - estabelecer e avaliar as áreas de procedência destes doadores (áreas com remanescentes de mata Atlântica, áreas não endêmicas, características da região, etc.) e motivos da possível exposição (residência, lazer, trabalho, etc). - determinar a(s) melhor(es) técnica(s) para detecção destes portadores. - elaborar e validar um questionário específico para áreas não endêmicas, que contemple a possibilidade de infecção pela malária. Estes resultados poderão ter aplicação imediata pelo SUS, por melhorar a qualidade do sangue fornecido, inibindo a contaminação, principalmente em pacientes imunodeprimidos, e diminuindo a recusa de doadores. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LAPORTA, GABRIEL ZORELLO; BURATTINI, MARCELO NASCIMENTO; LEVY, DEBORA; FUKUYA, LINAH AKEMI; PORANGABA DE OLIVEIRA, TATIANE MARQUES; FERREIRA MASELLI, LUCIANA MORGANTI; CONN, JAN EVELYN; MASSAD, EDUARDO; BYDLOWSKI, SERGIO PAULO; MUREB SALLUM, MARIA ANICE. Plasmodium falciparum in the southeastern Atlantic forest: a challenge to the bromeliad-malaria paradigm?. Malaria Journal, v. 14, APR 25 2015. Citações Web of Science: 12.
MASELLI, LUCIANA M. F.; LEVY, DEBORA; LAPORTA, GABRIEL Z.; MONTEIRO, ALINE M.; FUKUYA, LINAH A.; FERREIRA-DA-CRUZ, MARIA F.; DANIEL-RIBEIRO, CLAUDIO T.; DORLHIAC-LLACER, PEDRO E.; SALLUM, MARIA ANICE M.; BYDLOWSKI, SERGIO P. Detection of Plasmodium falciparum and Plasmodium vivax subclinical infection in non-endemic region: implications for blood transfusion and malaria epidemiology. Malaria Journal, v. 13, JUN 6 2014. Citações Web of Science: 21.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.