Busca avançada
Ano de início
Entree

Espectroscopia Mössbauer aplicada ao estudo de materiais

Processo: 97/07728-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de maio de 1998 - 31 de julho de 2001
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Hercílio Rodolfo Rechenberg
Beneficiário:Hercílio Rodolfo Rechenberg
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):99/05513-7 - Mössbauer Spectroscopy study of zn-chlorite from canoas deposit, Brazil, AR.EXT
98/10211-7 - Carlos Diaz Aguila | Universidad de La Habana - Cuba, AV.EXT
98/07112-7 - Ionic disorder and NELL temperature in ZnFe2O4 nanoparticles, AR.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):00/13252-8 - Propriedades magnéticas dos compostos pseudobinários de Laves Nb[Fe(1-x)Cr(x)2 e Hf[Fe(1-x)Cr(x)2, BP.DR
00/06066-3 - Caracterização das propriedades magnéticas de turfas do médio Vale do Rio Paraíba do Sul, estado de São Paulo: uma contribuição da Espectroscopia Mössbauer ao estudo do magnetismo ambiental, BP.PD
98/11007-4 - Estudo das correlações magnéticas e transições de fase dos pseudobinários a(fe,b)2 e seus hidretos, BP.PD
96/01315-8 - Propriedades magnéticas e estruturais de compostos de terras raras e metais de transição, BP.PD
Assunto(s):Eletricidade e eletrônica  Espectrometria gama  Espectroscopia de Mossbauer  Efeito Mossbauer 

Resumo

Nossa proposta é utilizar a espectroscopia Mössbauer para obter informações de caráter microscópico sobre diversos tipos de sólidos. Essas informações são de natureza magnética (campo hiperfino), elétrica (desvio isomérico, interação quadrupolar) ou vibracional (fração livre de recuo, deslocamento Doppler de 2a. ordem). Os núcleos Mössbauer utilizados serão o 57Fe e o 119Sn. Os experimentos poderão ser realizados a qualquer temperatura entre 4.2 e 800 K, e na presença de campos magnéticos de 0 a 14 T. Além da espectroscopia Mössbauer serão utilizadas, naturalmente, as demais técnicas de caracterização e medida relevantes para cada tipo de problema. O projeto contempla os seguintes estudos: a) propriedades magnéticas e interações hiperfinas em fases de Laves Zr(Fe,Cr)2 e seus hidretos; b) transições metamagnéticas em compostos intermetálicos R6Fe14-xAlx (R-Nd, La); c) processos de cristalização em ligas metálicas amorfas e caracterização estrutural de ligas nanocristalinas; d) preparação e caracterização de materiais magneticamente duros à base de ligas terra rara-ferro nitrogenadas; e) propriedade magnéticas e estruturais de óxidos ternários do tipo R2BaMO5 (R=terras raras) e ferritas M-Fe-O (M=Cu, Zn); f) Implementação da espectroscopia Mössbauer do 119Sn e sua aplicação ao estudo de materiais magnéticos contendo Sn. Prevemos ainda o prosseguimento de colaborações existentes com outros grupos de pesquisa, envolvendo notadamente materiais ferromagnéticos com aplicações tecnológicas, óxidos de ferro naturais ou sintéticos de interesse geológico, e complexos supramoleculares contendo átomos de Fe. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.