Busca avançada
Ano de início
Entree

Manejo de solo e culturas em áreas de renovação de canavial no oeste paulista

Resumo

Para a reforma de canaviais deve-se propor sistemas de produção que aliem a conservação dos recursos ambientais com produção de alimentos. O presente trabalho será desenvolvido no Pólo Regional do Extremo Oeste, em Andradina-SP, com o objetivo de avaliar o efeito da sucessão de culturas combinado com diferentes sistemas de manejo do solo sobre a produtividade do canavial e alterações dos atributos químicos e físicos do solo, em áreas de renovação de canavial. O delineamento experimental utilizado será em blocos casualizados em esquema de parcelas subdivididas, com 4 repetições. As parcelas serão constituídas por três sistemas de cultivo, sendo convencional, cultivo mínimo e plantio direto. As subparcelas serão constituídas por duas culturas comerciais, sendo soja e milho, uma opção de adubos verdes (Crotalaria juncea + feijão-de-porco), além do sistema pousio. Nas subparcelas serão avaliadas: teor de nutrientes e a produção de massa de matéria seca da parte aérea e raiz, as características agronômicas das culturas; as produtividades de grãos. Após a colheita das culturas será plantada a cultura da cana-de-açúcar nos diferentes tratamentos, onde serão avaliados: perfilhamento, teor de nutrientes, e a produção de massa de matéria seca da parte aérea e raiz, a produção de colmos e qualidade tecnológica. No solo serão monitorados os teores de nitrogênio, os atributos químicos do solo e a resistência à penetração. Os resultados obtidos serão submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)