Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos moleculares e celulares da micróglia: 1) avaliações farmacológicas de novos mecanismos de ação de fármacos e 2) eficácia terapêutica de novos compostos

Processo: 13/08524-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 20 de setembro de 2013 - 19 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Sandra Helena Poliselli Farsky
Beneficiário:Sandra Helena Poliselli Farsky
Pesquisador visitante: Egle Solito
Inst. do pesquisador visitante: Queen Mary University of London, Inglaterra
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Nanocompostos  Barreira hematoencefálica  Toxicologia  Anexina A1 

Resumo

O Laboratório de Toxicologia Experimental da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (PS-USP) tem estudado vias de controle da inflamação inata e as eficácias terapêuticas de novas moléculas e formulações farmacêuticas neste processo. Atualmente, dois de nossos projetos têm conduzido aos estudos da neuroinflamação. No entanto, não temos conhecimentos nas abordagens experimentais necessárias para este tipo de estudo.Por estas razões, nós agora convidamos a Dra. Egle Solito, do William Harvey Research Institute e Barts de Londres, para permanecer durante dois meses no nosso laboratório. Dr. Solito é uma especialista em abordagens experimentais da neuroinflamação e barreira hematoencefálica (BBB-), e integra o grupo do Dr. Mauro Perretti, investigando o papel da anexina A1 na neuroinflamação e na permeabilidade da BBB.A estadia da Dra. Solito em nosso laboratório incrementará as abordagens técnicas e reforçará a colaboração da Universidade de São Paulo e do William Harvey Research Institute e Barts de Londres. Também é importante mencionar que temos colaborado com o Dr. Perretti em diferentes projetos, especialmente aqueles ligados ao controle dos glicocorticóides e da anexina A1 na inflamação. (AU)