Busca avançada
Ano de início
Entree

Recuperação da frequência cardíaca pós-exercício: mecanismos reguladores

Processo: 13/04997-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2013 - 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Cláudia Lúcia de Moraes Forjaz
Beneficiário:Cláudia Lúcia de Moraes Forjaz
Instituição-sede: Escola de Educação Física e Esporte (EEFE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Decio Mion Junior ; Taís Tinucci
Assunto(s):Fisiologia do exercício  Frequência cardíaca  Hipertensão  Regulação autonômica cardíaca  Exercício físico 

Resumo

A recuperação da frequência cardíaca (RecFC) após o exercício permite avaliar a integridade autonômica cardíaca frente a um estresse fisiológico. Estudos têm demonstrado que valores reduzidos de RecFC estão associados a maior mortalidade. A hipertensão arterial sistêmica é uma doença de alta prevalência e com prognóstico cardiovascular desfavorável. Estudos têm demonstrado menor RecFC em hipertensos que em normotensos. Este prejuízo autonômico deve refletir uma menor eficiência dos mecanismos de regulação da modulação autonômica cardiovascular: comando central, mecanorreflexo, metaborreflexo e termorregulação. No entanto, o papel e a deficiência destes mecanismos na redução da RecFC desta população não estão claros. O objetivo do estudo, portanto, será investigar o papel dos mecanismos de controle autonômico cardiovascular na RecFC em hipertensos. 25 hipertensos e 25 normotensos participarão de 5 sessões experimentais, realizadas em ordem aleatória. Durante as sessões, serão feitas medidas em repouso, durante o exercício (cicloergômetro, 30 min, 70% da carga máxima) e no período de recuperação. Esta recuperação será realizada de forma diferente em cada sessão: a) recuperação passiva - ausência de movimento; b) recuperação ativa - manutenção do movimento pelo próprio voluntário com intensidade inferior; c) recuperação assistida - manutenção do movimento por uma força externa em carga inferior; d) recuperação passiva com oclusão circulatória e e) recuperação passiva com resfriamento por ventilação. Em todas as sessões, o sinal eletrocardiográfico, respiratório, de pressão arterial fotopletismográfica e de temperatura intestinal serão continuamente registrados e a concentração de lactato sanguíneo será medidas em momentos específicos. A comparação das sessões duas a duas permitirá a avaliação do papel dos diferentes mecanismos de controle da regulação autonômica cardiovascular: comando central (b vs. c), metcanorreflexo (a vs. c), metaborreflexo (a vs. d) e termorregulação (a vs. e). Os dados serão analisados pela ANOVA de 2 fatores para amostras repetidas, tendo como fatores principais o grupo e a sessão. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PECANHA, TIAGO; DE BRITO, LEANDRO CAMPOS; FECCHIO, RAFAEL YOKOYAMA; DE SOUSA, PATRICIA NASCIMENTO; DA SILVA JUNIOR, NATAN DANIEL; DE ABREU, ANDREA PIO; DA SILVA, GIOVANIO VIEIRA; MION-JUNIOR, DECIO; DE MORAES FORJAZ, CLAUDIA LUCIA. Metaboreflex activation delays heart rate recovery after aerobic exercise in never-treated hypertensive men. JOURNAL OF PHYSIOLOGY-LONDON, v. 594, n. 21, p. 6211-6223, NOV 2016. Citações Web of Science: 5.
BRITO, LEANDRO; PECANHA, TIAGO; TINUCCI, TAIS; SILVA-JUNIOR, NATAN; COSTA, LUIZ; FORJAZ, CLAUDIA. Time of day affects heart rate recovery and variability after maximal exercise in pre-hypertensive men. CHRONOBIOLOGY INTERNATIONAL, v. 32, n. 10, p. 1385-1390, 2015. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.