Busca avançada
Ano de início
Entree

Novas perspectivas para o fortalecimento e a consolidação das ações desenvolvidas pela Agência de Inovação da UFSCar

Processo: 12/50256-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa de Apoio à Propriedade Intelectual (PAPI/Nuplitec)
Vigência: 01 de outubro de 2013 - 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Ana Lúcia Vitale Torkomian
Beneficiário:Ana Lúcia Vitale Torkomian
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Propriedade intelectual  Transferência de tecnologia  Inovações tecnológicas  Patentes 

Resumo

A utilização do conhecimento gerado nas universidades brasileiras representa uma rica fonte de informação e capacitação para o desenvolvimento de novas tecnologias, resultando na transferência de tecnologia entre a universidade e setor produtivo, como um caminho alternativo e complementar para o alcance de um patamar tecnológico superior das empresas brasileiras. No Brasil, o estímulo e o apoio à constituição de alianças estratégicas e o desenvolvimento de projetos de cooperação envolvendo empresas e ICT, que objetivem a geração de produtos e processos inovadores, ganham destaque com a entrada em vigor da Lei da Inovação. Nesse contexto, foi criada em 2008 a Agência de Inovação da UFSCar, com a finalidade principal gerir sua política de inovação, gerenciar as ações pertinentes à inovação tecnológica, proteção da propriedade Intelectual e transferência de tecnologia no âmbito da Universidade. Mesmo com os avanços alcançados, como a percepção dos pesquisadores quanto aos conhecimentos sobre inovação, regulamentação interna e a atuação do NIT, ainda há a necessidade de se buscar novas perspectivas para o fortalecimento e a consolidação das ações desenvolvidas. Dessa forma, seria oportuna a realização de um intercâmbio dos colaboradores do NIT para capacitação em boas práticas internacionais de gestão da propriedade - intelectual e de transferência de tecnologia. Para identificá-las, foi realizado um benchmarking internacional, que permitiu a identificação de casos de sucesso (principalmente no que se refere ao índice de comercialização de tecnologias e as receitas financeiras provenientes da exploração comercial dos inventos), além das boas práticas na gestão da propriedade intelectual e dos indicadores utilizados para acompanhar a evolução, o fortalecimento e a consolidação das ações realizadas pelo TTO. Além disso, permitiu um autoconhecimento sobre as fragilidades, oportunidades e desafios a serem enfrentados, que permitirá o contato e o aprimoramento de diversos processos nas atividades-chave da Agência de Inovação da UFSCar, como sua gestão estratégica (sustentabilidade financeira, retenção de talentos, gestão do conhecimento); a transferência de tecnologia (indicadores de inovação, valoração e priorização de tecnologias, o incentivo ao empreendedorismo); a propriedade intelectual (redação, depósito de patentes, busca de anterioridade, mapeamento tecnológico); procedimentos jurídicos adotados, e as etapas de comunicação e marketing com a comunidade científica e com os parceiros industriais. Viabilizará também, a publicação e o compartilhamento das boas práticas internacionais que possam contribuir com o aperfeiçoamento dos processos de outros NIT brasileiros. (AU)