Busca avançada
Ano de início
Entree

Descritores de trofia de uma série de reservatórios no Sistema Cantareira (São Paulo, SP)

Processo: 13/08272-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2013 - 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Viviane Moschini Carlos
Beneficiário:Viviane Moschini Carlos
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental de Sorocaba. Sorocaba , SP, Brasil
Pesq. associados:André Henrique Rosa ; Leonardo Fernandes Fraceto ; Marcelo Luiz Martins Pompêo ; Renata de Lima ; Renata Fracácio Francisco
Assunto(s):Qualidade da água  Fitoplâncton  Restauração ecológica  Reservatórios  Cianobactérias  Biomassa 

Resumo

O estudo comparativo de ambientes com diferentes espectros tróficos é uma forma de identificar padrões e regras gerais que expliquem, pelo menos parcialmente, as associações fitoplanctônicas ao longo de determinada condição trófica. Devido ao impacto que a composição de espécies do fitoplâncton pode causar ao funcionamento dos ecossistemas aquáticos, é fundamental o entendimento dos fatores que governam as associações e a estrutura da comunidade fitoplanctônica. Diversos estudos demonstraram que a nova ferramenta para classificar a estrutura do fitoplâncton de acordo com grupos funcionais GFFs) é mais eficiente em estudos ecológicos em comparação à tradicional classificação por grupos taxonômicos e concluem que diferentes sistemas compartilham grupos funcionais similares de acordo com seu estado trófico. Os GFFs do fitoplâncton podem ter papel importante na tomada de decisão durante a implementação de medidas de restauração de ambientes degradados. O estudo será desenvolvido nos reservatórios do Sistema Cantareira, que é o mais importante manancial de abastecimento para a RMSP, sendo responsável por 58% das vazões ofertadas a 17,2 milhões de habitantes, ou seja, abastece 9 milhões de paulistas. O Sistema é composto por cinco reservatórios interligados por canais e túneis. As águas do Alto Piracicaba são transportadas por gravidade através de 48 km de túneis e canais de interligação desde o reservatório Jaguari-Jacareí, passando para a represa Cachoeira e Atibainha até o reservatório Paiva Castro, no rio Juqueri. Deste ponto, as águas são conduzidas, também por gravidade, até a estação Elevatória de Santa Inês, e após um recalque de 120 m, as águas chegam ao reservatório Águas Claras, sendo conduzidas, por gravidade, à estação de tratamento de água de Guaraú e finalmente distribuídas na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). As bacias hidrográficas formadoras do Sistema Cantareira têm sofrido grandes impactos por parte dos usos antrópicos. Todas as bacias formadoras do Sistema apresentam mais da metade de seus territórios alterados por atividades humanas. A situação dos serviços de esgotamento sanitário no Sistema Cantareira é muito preocupante, pois no ano de 2003 apesar de muitos municípios terem uma cobertura de 100% na coleta do esgoto gerado, em sua grande maioria são lançados sem tratamento diretamente nos rios da região. Este conjunto de dados definidos por elevadas porcentagens de usos e ocupações dos espaços e pela incipiente cobertura sanitária, em particular coleta e tratamento das águas servidas nos municípios do Sistema Cantareira, deixam um preocupante cenário futuro, já conhecido na RMSP, vivenciada nas bacias da Billings e Guarapiranga. No Sistema Cantareira já ocorre aplicações de algicida (sulfato de cobre) na saída de água do reservatório Atibainha, pouco antes do encontro com o rio Juqueri, particularmente nos meses mais quentes do ano, no verão, a fim de controlar a floração de cianobactérias. A continuidade das mesmas políticas públicas aplicadas nas bacias da Billings e do Guarapiranga agora aplicadas nas bacias do Sistema Cantareira, com provável reflexo negativo na qualidade das águas de suas represas é um fato preocupante. Essas medidas são paliativas e refletem diretamente mudanças na estrutura do fitoplâncton ao longo de um gradiente de disponibilidade recursos, ou seja, de acordo com seu estado trófico. Assim, essa pesquisa objetiva caracterizar e comparar as massas de água do ponto de vista do estado trófico em cinco reservatórios do Sistema Cantareira (Jaguari, Jacareí, Cachoeira, Atibaia e Paiva Castro). Visa também verificar existe uma distribuição espacial e horizontal da biomassa fitoplanctônica em cada reservatório e entre os reservatórios, analisar se a água dos reservatórios apresenta cianotoxinas e se de acordo com a classificação funcional ocorrem mudanças na estrutura do fitoplâncton ao longo de um gradiente de disponibilidade recursos. (AU)

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FREDERICO G.S. BEGHELLI; MAURÍCIO CETRA; MERCEDES MARCHESE; JÚLIO CÉSAR LÓPEZ-DOVÁL; ANDRÉ H. ROSA; MARCELO L. M. POMPÊO; VIVIANE MOSCHINI-CARLOS. Taxonomic and non-taxonomic responses of benthic macroinvertebrates to metal toxicity in tropical reservoirs. The case of Cantareira Complex, São Paulo, Brazil. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 92, n. 2, p. -, 2020.
DE SOUZA BEGHELLI, FREDERICO GUILHERME; CESAR LOPEZ-DOVAL, JULIO; HENRIQUE ROSA, ANDRE; POMPEO, MARCELO; MOSCHINI CARLOS, VIVIANE. Lethal and sublethal effects of metal-polluted sediments on Chironomus sancticaroli Strixino and Strixino, 1981. ECOTOXICOLOGY, v. 27, n. 3, p. 286-299, APR 2018. Citações Web of Science: 1.
BEGHELLI, F. G. S.; POMPEO, M. L. M.; ROSA, A. H.; MOSCHINI-CARLOS, V. Effects of copper in sediments on benthic macroinvertebrate communities in tropical reservoirs. LIMNETICA, v. 35, n. 1, p. 103-115, JUN 2016. Citações Web of Science: 3.
LOPEZ-DOVAL, JULIO C.; MEIRELLES, SERGIO TADEU; CARDOSO-SILVA, SHEILA; MOSCHINI-CARLOS, VIVIANE; POMPEO, MARCELO. Ecological and toxicological responses in a multistressor scenario: Are monitoring programs showing the stressors or just showing stress? A case study in Brazil. Science of The Total Environment, v. 540, n. SI, p. 466-476, JAN 1 2016. Citações Web of Science: 3.
FREDERICO GUILHERME DE SOUZA BEGHELLI; MARCELO LUIZ MARTINS POMPÊO; MÔNICA PÁSCOLI; VIVIAN SILVA LIRA; RENATA DE LIMA; VIVIANE MOSCHINI-CARLOS. Can a one-sampling campaign produce robust results for water quality monitoring? A case of study in Itupararanga reservoir, SP, Brazil. Acta Limnol. Bras., v. 28, 2016.
FREDERICO GUILHERME DE SOUZA BEGHELLI; MARCELO LUIZ MARTINS POMPÊO; VIVIANE MOSCHINI CARLOS. First occurrence of the exotic Asian clam Corbicula fluminea (Muller, 1774) in the Jundiaí-Mirim River Basin, SP, Brazil. Rev. Ambient. Água, v. 9, n. 3, p. -, Set. 2014.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.