Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de bacteriófagos no controle da contaminação bacteriana em dornas de fermentação de usinas de álcool

Processo: 12/51400-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de setembro de 2013 - 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:José Luiz Caldas Wolff
Beneficiário:José Luiz Caldas Wolff
Empresa:Wolff Biotec - Pesquisa e Desenvolvimento Ltda. - ME
Município: São Paulo
Bolsa(s) vinculada(s):13/23621-0 - Caracterização molecular das linhagens de Lactobacillus fermentum e de fagos que infectam estas linhagens, BP.TT
13/19804-2 - Isolamento, caracterização e seleção de bacteriófagos, BP.TT
13/21446-7 - Caracterização molecular das linhagens de Lactobacillus fermentum e dos fagos destas linhagens, BP.TT
Assunto(s):Bacteriófagos  Fermentação alcoólica  Lactobacillus fermentum  Indústria alcooleira 

Resumo

Um dos problemas mais importantes ligados à produção em larga escala de biocombustível é a contaminação bacteriana nas dornas de fermentação. Por melhor que sejam as práticas sanitárias das usinas, a presença de bactérias contaminantes é praticamente inerente a este tipo de produção e às condições nas quais ocorre o processamento da matéria-prima que, no caso brasileiro, é a cana-de-açúcar. A utilização de antibióticos tem sido um importante aliado na redução destes contaminantes. No entanto, além de custosa, por vezes a utilização de antibióticos se mostra pouco efetiva no controle e pode, potencialmente, promover a seleção de linhagens resistentes. Na tentativa de encontrar uma alternativa ao uso de antibióticos, a proposta deste projeto é investigar a possibilidade de utilização de bacteriófagos como agentes de controle biológico nos tanques de fermentação alcoólica. Embora a população bacteriana nas domas em geral possa ser complexa, observa-se a predominância marcante de alguns microrganismos. Dentre eles destaca-se o Lactobacillus fermentum. Estudos mostram que esta bactéria lática heterofermentativa, abundante no ambiente, pode causar sérios problemas no processo fermentativo alcoólico. Pretendemos realizar uma ampla triagem de fagos que infectem L. fermentum utilizando amostras de diversos ambientes. Linhagens de L. fermentum obtidas da coleção da Fundação André Tosello serão utilizadas nos processos de triagem das amostras ambientais para a detecção de fagos. A amplitude de hospedeiros dos fagos isolados será investigada com relação a várias linhagens de L. fermentum. Fagos que apresentem maior amplitude de hospedeiros serão selecionados por apresentarem maior potencial de utilização no controle microbiano. Estes fagos serão investigados com relação à atividade lítica em células de L. fermentum infectadas com diversas doses virais. Realizaremos também ensaios em escala laboratorial para investigar a capacidade dos fagos isolados de conter a proliferação de L. fermentum durante a fermentação alcoólica de caldo de cana por leveduras Saccharomyces cerevisiae. Esperamos mostrar que um coquetel de fagos pode conter de forma eficiente a proliferação do L. fermentum. Os resultados deste trabalho nos permitirão avaliar o potencial desta tecnologia no controle de contaminantes bacterianos nas dornas de fermentação alcoólica. Sendo estes resultados promissores, servirão de base para a investigação de outras espécies bacterianas que prejudicam a produção de álcool e para a implementação desta tecnologia. O objetivo final desta investigação é criar um produto capaz de combater efetivamente a contaminação das dornas de fermentação de cana-de-açúcar utilizando como agente biológico um coquetel de bacteriófagos específicos. (AU)