Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do tratamento clareador e envelhecimento induzido sobre o brilho, a cor, a rugosidade e a microdureza superficial de resinas compostas

Processo: 12/19223-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2013 - 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Eduardo Bresciani
Beneficiário:Eduardo Bresciani
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Pesq. associados:Alessandra Buhler Borges ; Carlos Rocha Gomes Torres ; Taciana Marco Ferraz Caneppele
Bolsa(s) vinculada(s):13/19416-2 - Influência do tratamento clareador e envelhecimento induzido sobre o brilho , a cor, a rugosidade e a microdureza superficial de resinas compostas, BP.TT
Assunto(s):Dentística restauradora  Clareamento de dente  Resinas compostas  Microdureza  Rugosidade superficial 

Resumo

A realização de procedimentos clareadores é frequente em dentística estética. As resinas compostas sofrem um certo grau de degradação superficial em sua matriz orgânica logo após este tipo de tratamento, com possível comprometimento de suas propriedades mecânicas e óticas. Mesmo que clinicamente não haja alterações iniciais depois do procedimento clareador, não se sabe qual influência a longo prazo deste processo e ainda se a sobrevida das restaurações de resina composta será afetada negativamente. Portanto, o objetivo deste estudo é avaliar in vitro a influência sobre o brilho, a cor, a rugosidade e a microdureza superficial de resinas compostas, microparticulada e nanohíbrida, após tratamento clareador e simulação de envelhecimento. Material e Métodos: Serão confeccionados 120 corpos de prova de cada tipo de resina composta (Durafill - Heraeus Kulzer / Filtek Z350 XT - 3M ESPE). Os espécimes terão diâmetro de 3mm e espessura de 3mm. O espécimes serão divididos em três grandes grupos: sem o tratamento clareador, com tratamento clareador a base de peróxido de hidrogênio a 35% e com tratamento clareador a base de peróxido de carbamida a 16%. Estes grupos ainda serão subdivididos em dois outros grupos, um com envelhecimento induzido por luz (Suntest CPS+, ATLAS, Alemanha) e outro por imersão em água por um ano. Metade de cada grupo final (n=10) será submetido à avaliação de cor e brilho e a outra metade, avaliação de microdureza e rugosidade. Os corpos de prova terão os parâmetros verificados no baseline, após o tratamento clareador (se pertencente ao grupo que receberá este tratamento), e ainda após o envelhecimento proposto. Os dados obtidos serão submetidos à análise de normalidade e em seguida à análise estatística por meio do teste de análise de variância e teste de comparações múltiplas. O nível de significância será de 5%. (AU)