Busca avançada
Ano de início
Entree

Visita do prof. Lee Lynd: colaboração LACAf-GSB

Processo: 13/14816-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 05 de agosto de 2013 - 09 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Luis Augusto Barbosa Cortez
Beneficiário:Luis Augusto Barbosa Cortez
Pesquisador visitante: Lee Rybeck Lynd
Inst. do pesquisador visitante: Dartmouth College, Estados Unidos
Instituição-sede: Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético (NIPE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/00282-3 - Contribuição de produção de bioenergia pela América Latina, Caribe e África ao projeto GSB-LACAF-Cana-I, AP.BIOEN.TEM
Assunto(s):Bioenergia  Biocombustíveis  Sustentabilidade  Fontes alternativas de energia 

Resumo

Produção de bioenergia moderna e sustentável pode ser uma forma eficaz de substituir grande parte da procura de energia para transporte no futuro. Segundo a Doornbosch e Steenblik (2007), 60% do total do mundo potencialmente disponíveis terra poderia ser utilizado produzir bioenergia até 2050 (440Mha), dos quais cerca de 60% (250Mha) será na América Latina e Caribe, e (180Mha) na África. Uma vez que a disponibilidade de terras para a bioenergia, em grande parte são originários de terrenos de pastagem, a escala global de produção de bioenergia, em parte depende da disponibilidade de terra fértil e boas condições climáticas, é evidente que, se a produção de alimentos será aumentada para satisfazer necessidades do futuro e biodiversidade protegida, basicamente o mundo vai depender da América Latina, Caribe e África continentes para a futura expansão da bioenergia. O projeto LACAF-cana, por conseguinte, se concentrará em dois continentes e irá avaliar produção de bioetanol de cana-de-açúcar. O setor suco energético de produção de cana também será considerado devido seu importante impacto sobre o desenvolvimento rural e sua sinergia com a produção de etanol. O projeto LACAF-cana pretende ser uma contribuição para o projeto "Bioenergia Global Sustentável" (GSB) que foi iniciado em 2009 por um grupo de cientistas, engenheiros, política e peritos de universidades, agências governamentais e o setor não lucrativo do globo, com o objetivo geral de fornecer orientações sobre a viabilidade e oportunidade da bioenergia sustentável-intensiva no futuro. O principal objetivo do projeto GSB é o de testar a hipótese de que é fisicamente possível para a bioenergia de forma sustentável satisfazer uma fração substancial de futura procura de serviços de energia e alimentação da humanidade e reunião outras necessidades de gestão terras, preservando o habitat e manutenção da qualidade ambiental. O projeto GSB está estruturado em três fases: Fase 1 (terminado). Realizar cinco continental convenções para discutir a hipótese. Fase 2. Explorar se e de que forma é fisicamente possível para a bioenergia de forma sustentável satisfazer uma parte considerável da procura futura de serviços energéticos - e.g. 150 EJ (Anualmente correspondente à 23% de fornecimento de energia primária esperado de biomassa no IEA - Blue Map Scenario conforme dados da Agência Internacional de Energia, documento Energia Tecnologia Perspectivas 2010) enquanto fornecendo alimentos para a humanidade entre outras necessidades, preservando o habitat para a vida selvagem e manutenção da qualidade ambiental. Fase 3. Analisar e recomendar transição de caminhos e políticas à luz da Fase 2 resultados, a inclusão de análise macroeconômica, ambientais, éticas e qualidade, bem como os efeitos locais de escala em economias rurais. O projeto GSB já realizou fase 1. O texto integral das convenções da América Latina e África continente podem ser encontrados em: http://engineering.dartmouth.edu/gsbproject/. Mais informações sobre o projeto GSB consultar Lynd et al. (2011). Os próximos passos para o projeto GSB são as fases 2 e 3. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.