Busca avançada
Ano de início
Entree

Brasil, as Américas e o mundo: opinião pública e política externa 2013

Processo: 13/04495-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de setembro de 2013 - 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Política Internacional
Pesquisador responsável:Maria Hermínia Brandão Tavares de Almeida
Beneficiário:Maria Hermínia Brandão Tavares de Almeida
Instituição-sede: Instituto de Relações Internacionais (IRI). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Feliciano de Sá Guimarães ; Janina Onuki ; Leandro Piquet Carneiro
Auxílios(s) vinculado(s):17/07125-4 - 113th APSA Annual Meeting & Exhibition, AR.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):16/18514-9 - A Opinião Pública como determinante na formulação da Política Externa Brasileira: uma análise a partir da inserção regional, BP.DR
16/12107-2 - Treinamento técnico banco de dados survey Brasil, as Américas e o mundo, BP.TT
16/03174-8 - O debate contemporâneo sobre a integração regional: o Mercosul e a Aliança do Pacífico segundo a imprensa brasileira, BP.MS
+ mais bolsas vinculadas 15/05028-6 - Brasil, as Américas e o mundo: opinião pública e política externa, BP.IC
15/01646-7 - Brasil, as Américas e o mundo: opinião pública e política externa 2013, BP.IC
14/10953-8 - O Brasil, as Américas e o mundo, BP.TT
14/10978-0 - Brasil, as Américas e o mundo: opinião pública e política externa 2013, BP.IC
14/01690-3 - Brasil, as Américas e o mundo: opinião pública e política externa 2013, BP.TT
14/01691-0 - O Brasil, as Américas e o mundo, BP.TT
13/21233-3 - Brasil, as Américas e o mundo: opinião pública e política externa 2013, BP.IC - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Opinião pública  Política externa 

Resumo

O objetivo deste projeto de pesquisa é descrever e analisar a percepção do público brasileiro em relação à nossa política externa e à política internacional. Faz parte de uma parceria acadêmica internacional, que inclui equipes de pesquisa de vários países da América Latina: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, México e Peru. A coordenação geral do projeto (Las Américas y el Mundo) está a cargo do Centro de Investigación y Docencia Económicas (CIDE), no México. O projeto internacional busca compreender as percepções e atitudes do público sobre temas internacionais que ganharam relevância maior neste século e captar a reação da sociedade às mudanças internacionais e seus impactos domésticos. O estudo cobre uma ampla gama de temas (culturais, econômicos, sociais, políticos, segurança), de níveis (bilateral, regional e global) relacionados às relações internacionais e à política externa. Será realizada pesquisa de tipo painel, com dois surveys: um survey lideranças ligadas às relações internacionais, com amostra intencional de 200 casos; e um survey com o público, com amostra probabilística com 1500 casos, com distribuição nacional estratificada, repetido a cada quatro anos. Paralelamente, será montado um banco de dados, em forma eletrônica, com artigos assinados e editoriais sobre política externa, publicados em O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo e o Globo. Os resultados serão apresentados sob duas formas: a) uma análise das atitudes e percepções da comunidade de política externa e do público brasileiro, com relação ao conjunto de temas incluídos nos questionários; b) uma análise comparada das percepções da comunidade de política externa, quando for o caso, e do público sobre o lugar do país no cenário internacional e sobre a agenda de política externa nos sete países estudados. Os dados colhidos nos surveys dos vários países da América Latina ficarão disponíveis online [http://mexicoyelmundo.cide.edu]. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)