Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de lesões periapicais na ausência de molécula adaptadora para ativação de receptores toll-like: estudo em camundongos Knockout

Resumo

A molécula adaptadora Myeloid Differentiation primary response gene 88 (MyD88) está envolvida na ativação de receptores Toll-like (TLRs) e são consideradas moléculas responsáveis pelo reconhecimento precoce dos patógenos invasores e no desencadeamento da resposta imunológica. O objetivo do presente estudo será caracterizar o desenvolvimento e a progressão de lesões periapicais induzidas experimentalmente em dentes de camundongos knockout para a molécula MyD88 (MyD88 KO), comparados a animais wild-type (WT). As lesões periapicais serão induzidas nos primeiros molares inferiores de 30 camundongos WT e de 30 camundongos MyD88 KO. Decorridos 7, 21 e 42 dias da indução da lesão periapical, os animais serão submetidos à eutanásia em câmara de CO2 e as mandíbulas serão removidas e submetidas ao processamento histotécnico. Os fêmures também serão removidos para a análise da densidade mineral óssea, por meio da Absortometria Radiológica de Dupla Energia (DXA). A seguir, cortes representativos serão corados com hematoxilina e eosina (HE), para descrição do tecido pulpar e das regiões apical e periapical e para contagem do número de células inflamatórias (neutrófilos), em microscopia de luz, e para mensuração da área das lesões periapicais, em microscopia de fluorescência. Espécimes sequenciais serão analisados por meio de: histoenzimologia para a atividade da TRAP, para identificação e contagem de osteoclastos; coloração de Brown & Brenn, para localização de bactérias; e imunohistoquímica, para identificação de marcadores da osteoclastogênese (RANK, RANKL e OPG). Os resultados numéricos obtidos da análise morfométrica da extensão da área das lesões periapicais, do número de osteoclastos, de células inflamatórias e da densidade mineral óssea serão submetidos à análise estatística por meio dos testes não-paramétricos de Mann-Whitney e Kruskal-Wallis, utilizando o software SAS (Statistical Analysis System) for Windows versão 9.1.3. O nível de significância adotado será de 5%. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio: