Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemas de preparo do solo e sua influência em propriedades físicas do solo e na produtividade de batata-doce

Resumo

O preparo convencional do solo pode reduzir sua qualidade devido à exposição e degradação dos compostos orgânicos, pelo favorecimento de condições para a formação de uma zona compactada abaixo da camada arada e pela facilidade com que o solo pulverizado é erodido. Dessa forma, a adoção de sistemas de preparo do solo com mínimo revolvimento favorece a manutenção e recuperação das propriedades físicas, químicas e biológicas do solo e, como resultado, a satisfatória produtividade das culturas exploradas. Para a instalação da cultura da batata-doce é realizado o revolvimento da camada superficial por meio de arados e grades e, em seguida, utiliza-se equipamento para confecção de leiras. Assim, há o enterrio de quase a totalidade de restos vegetais remanescente de culturas anteriores e o solo fica desprotegido de cobertura vegetal até sua completa cobertura pela cultura implantada. Sabendo-se que, dentre os componentes do manejo, o preparo do solo é a atividade que mais influencia seu comportamento físico por atuar diretamente na sua estrutura, as propriedades físicas do solo podem ser adotadas como indicadores de qualidade do mesmo. Dessa forma, este trabalho tem por objetivo avaliar o impacto de sistemas de preparo do solo (convencional - aração seguida de gradagem niveladora -, convencional com confecção de leiras, plantio direto - sem revolvimento do solo, exceto nas linhas de plantio -, confecção de leiras em área sem revolvimento prévio do solo e plantio direto com palha superficial) nas propriedades físicas de um Argissolo Vermelho Amarelo e na produtividade de raízes tuberosas de batata-doce. (AU)