Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos taxonômicos dos ácaros Laelapidae (Acari: Mesostigmata)

Processo: 13/12307-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 13 de outubro de 2013 - 27 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Gilberto José de Moraes
Beneficiário:Gilberto José de Moraes
Pesquisador visitante: Hans Klompen
Inst. do pesquisador visitante: Ohio State University, Columbus, Estados Unidos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Acarologia  Ácaros  Zoologia (classificação)  Controle biológico  Pragas de plantas 

Resumo

Ácaros predadores Laelapidae são agentes promissores de controle biológico de pragas de solo, com grande potencial de uso prático. Três espécies desta família são hoje utilizadas comercialmente para o controle de pragas. Dois projetos em andamento na UNESP Jaboticabal e na ESALQ-USP, respectivamente, referem-se à taxonomia destes ácaros (FAPESP 2010/19171-1 e CNPq 302406/2009-3). Dois dos principais objetivos destes projetos referem-se à elaboração de publicações que sintetizam os conhecimentos sobre a taxonomia desta família, incluindo a elaboração de um catálogo, e à identificação de espécies coletadas no Brasil. O Prof. Hans Klompen, do Laboratório de Acarologia da "Ohio State University", é conhecido internacionalmente por seus trabalhos relacionados à taxonomia dos ácaros Mesostigmata, grupo ao qual pertence a família Laelapidae. Temos tido um intercâmbio freqüente com o Prof. Klompen nos últimos 14 anos na execução de pesquisas relacionadas a este tema. Especificamente através do desenvolvimento do trabalho de tese da bolsista Grazielle Furtado Moreira (2010/19171-1), estamos finalizando a elaboração de um catálogo sobre a taxonomia das subfamílias Hypoaspidinae e Melittiphinae, da família Laelapidae. Estamos também identificando espécies de Laelapidae depositadas na Coleção de Ácaros da ESALQ. Mediante nossa consulta, o citado professor se prontificou em viajar para o Brasil por um período de 15 dias, para colaborar conosco na finalização daquelas atividades de pesquisa. Pretende-se com este projeto que o Professor nos auxilie na revisão criteriosa da designação genérica correta de cada espécie, decidindo sobre as novas combinações taxonômicas e sinonímias a serem propostas no catálogo, na preparação das diagnoses dos quase 30 gêneros tratados e na identificação das espécies que estão sendo examinadas. A colaboração do pesquisador visitante possibilitará a rápida conclusão desses trabalhos, e o envio para publicação em revistas de alto impacto. Além destas atividades, o professor concordou também em apresentar dois seminários aos alunos de pós-graduação da UNESP Jaboticabal e da ESALQ (AU)