Busca avançada
Ano de início
Entree

Serious game m-Baby e e-Baby: contribuições do design emocional para o ensino em enfermagem neonatal

Processo: 13/03101-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2013 - 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Pediátrica
Pesquisador responsável:Luciana Mara Monti Fonseca
Beneficiário:Luciana Mara Monti Fonseca
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Carmen Gracinda Silvan Scochi
Assunto(s):Enfermagem neonatal  Educação em enfermagem  Recém-nascido prematuro  Tecnologia educacional  Computador no ensino  Design instrucional 

Resumo

As tecnologias da informação podem proporcionar um ensino-aprendizagem mais flexível, atrativo, interativo e colaborativo. Esperando-se contribuir com a construção de conhecimento e tecnologia de apoio ao ensino em enfermagem neonatal, conteúdo esse fundamental para a formação de enfermeiros em saúde perinatal, já foram criadas algumas tecnologias da informação, que foram consideradas adequadas quanto conteúdo e funcionalidade em sua avaliação por peritos e estudantes, motivando agora incorporar os aspectos emocionais nestas tecnologias a partir das experiências afetivas dos estudantes na interação usuário-produto. Assim, este projeto visa aprimorar a tecnologia SSRNPT com a incorporação do design emocional por meio da construção de Serius game sobre as necessidades humanas básicas de oxigenação, circulação e integridade da pele e disponibilizá-los para computadores e dispositivos móveis conectados à internet. As investigações terão quatro fases: I, para a construção dos quatro serius game que em conjunto formarão o e-Baby e m-Baby, utilizaremos o modelo metodológico de Preece, Rogers e Sharp (2002), o User-Centered Design. II, a validação da interface dos serius game desenvolvidos, será por meio de estudo metodológico, embasado nos critérios ergonômicos, em que serão convidados a participar estudantes que já cursaram as disciplinas em que são oferecidos conteúdos de enfermagem neonatal. Os instrumentos de coleta de dados (caracterização e validação) serão online. A análise dos dados relativos à caracterização dos estudantes e à validação de interface serão apresentadas mediante uso de estatística descritiva. Os serius game serão considerados adequados quanto aos critérios ergonômicos se 70% dos avaliadores atribuírem conceito muito bom e ótimo em cada item avaliado segundo a norma ISO 9241/10. III, para a avaliação da emoção, será realizado estudo metodológico, no qual se fará um diagnóstico sobre os aspectos emocionais incorporados serius game. O impacto destes sobre as emoções dos estudantes está realizado concomitantemente à validação de interface, tendo a mesma população. O instrumento de avaliação da emoção a ser utilizado no estudo é o PrEmo. IV, para a avaliação o impacto dos serius game m-Baby e e-Baby no processo ensino-aprendizagem de estudantes de enfermagem será realizada pesquisa quase-experimental. Para avaliar a aprendizagem do estudante auxiliada pelo uso dos serius game e-Baby e m-Baby, faremos pré e pós-teste, além de outras avaliações e grupo controle (sem uso das tecnologias educacionais), grupo experimental e (uso do e-Baby) e grupo experimental m (uso do m-Baby). Os grupos responderão o questionário sobre os estilos de aprendizagem de Alonso, Gallego e Honey (2002). Pré-teste no primeiro dia da disciplina, intervenção e pós-teste no último dia da disciplina. Depois de realizado o pós-teste, os estudantes dos grupos experimental e e experimental m, realizarão uma avaliação subjetiva dos serius game por meio de um instrumento construído com base na escala de Likert. Também serão utilizados como medida de desempenho a nota do estudante no portfólio desenvolvido por ele durante a disciplina, a nota da atividade teórico-prática no cenário da unidade neonatal e da avaliação cognitiva final da disciplina. O grupo controle não terá acesso aos serius game e-Baby e m-Baby, tendo participação na disciplina convencionalmente ministrada. Na análise dos dados, os relativos à caracterização dos estudantes se apresentará mediante uso de estatística descritiva para os dados quantitativos, e tabelas de frequência para os dados qualitativos. Para a comparação entre desempenho dos estudantes dos grupos experimental e, experimental m e controle, utilizaremos o teste não-paramétrico de Mann-Whitney. As comparações intra-grupos serão realizadas segundo teste não-paramétrico Wilcoxon, uma vez que os grupos são dependentes. Os dados do estudo serão tabulados e testados através do programa SPSS 18 e o nível de significância de 5%. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MONTI FONSECA, LUCIANA MARA; AREDES, NATALIA DEL' ANGELO; FERNANDES, ANANDA MARIA; DA CUNHA BATALHA, LUIS MANUEL; AMADO APOSTOLO, JORGE MANUEL; AMADO MARTINS, JOSE CARLOS; RODRIGUES, MANUEL ALVES. Computer and laboratory simulation in the teaching of neonatal nursing: innovation and impact on learning. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 24, 2016. Citações Web of Science: 1.
MONTI FONSECA, LUCIANA MARA; VILELA DIAS, DANIELLE MONTEIRO; NOGUEIRA GOES, FERNANDA DOS SANTOS; SEIXAS, CARLOS ALBERTO; SILVAN SCOCHI, CARMEN GRACINDA; AMADO MARTINS, JOSE CARLOS; RODRIGUES, MANUEL ALVES. Development of the e-Baby Serious Game With Regard to the Evaluation of Oxygenation in Preterm Babies Contributions of the Emotional Design. CIN-COMPUTERS INFORMATICS NURSING, v. 32, n. 9, p. 428-436, SEP 2014. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.