Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do lítio na regulação da expressão gênica por micro RNAs em modelo da Doença de Alzheimer por toxicidade de beta-amilóide em cultura primária de neurônios

Processo: 13/01352-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2013 - 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Daniel Shikanai Kerr
Beneficiário:Daniel Shikanai Kerr
Instituição-sede: Instituto de Psiquiatria Doutor Antonio Carlos Pacheco e Silva (IPq). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Emmanuel Dias-Neto ; Helena Paula Brentani ; Orestes Vicente Forlenza ; Vanessa de Jesus Rodrigues de Paula ; Wagner Farid Gattaz
Assunto(s):Doença de Alzheimer  Fármacos neuroprotetores  Lítio  MicroRNAs  Expressão gênica 

Resumo

Estima-se que a doença de Alzheimer (DA) afete 35 milhões de pessoas, podendo chegar a 120 milhões em 2050. Em 2010 estimou-se o gasto anual com demência em torno de 600 bilhões de dólares e a tendência é aumentar. Apesar de ter sinais patológicos característicos, os mecanismos que levam à doença ainda não são claros e não existe tratamento eficaz. Dado esse quadro preocupante, alternativas para o tratamento são de extrema importância. O uso de lítio tem sido sugerido como um tratamento da DA, atuando na sua prevenção e/ou progressão. O lítio apresenta efeitos neuroprotetores e neurotróficos e tem sido alvo de estudos pela sua ação na regulação de proteínas pró e antiapoptóticas. No presente projeto pretendemos avaliar a expressão de micro RNAs (miRNA) como uma forma de delimitar redes de genes modulados pelo lítio em modelos da doença, buscando informações da fisiopatologia e investigando possíveis biomarcadores. miRNAs são moléculas de RNA de aproximadamente 20 bases capazes de modular a expressão no nível pós-transcricional. Um miRNA pode afetar diversas proteínas diferentes e uma proteína pode ter sua expressão modulada por diversos miRNAs. Dessa forma, cada miRNA delimita uma rede de genes que podem ter sua expressão modulada por ele. Pretendemos com este projeto: 1) identificar miRNAs que tenham expressão alterada em cultura primária de neurônios tratada com peptídeo beta-amilóide (AB) e lítio; 2) caracterizar as redes de expressão delimitadas por esses miRNAs. Esperamos com isso ampliar o conhecimento dos mecanismos fisiopatológicos da DA, avaliar os mecanismos de ação do lítio e seu possível papel no tratamento da doença de Alzheimer. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KERR, DANIEL SHIKANAI; STELLA, FLORINDO; RADANOVIC, MARCIA; APRAHAMIAN, IVAN; FERREIRA BERTOLLUCCI, PAULO HENRIQUE; FORLENZA, ORESTES VICENTE. Apolipoprotein E genotype is not associated with cognitive impairment in older adults with bipolar disorder. BIPOLAR DISORDERS, v. 18, n. 1, p. 71-77, FEB 2016. Citações Web of Science: 5.
DE-PAULA, VANESSA J.; KERR, DANIEL S.; SCOLA, GUSTAVO; GATTAZ, WAGNER F.; FORLENZA, ORESTES V. Lithium Distinctly Modulates the Secretion of Pro- and Anti-Inflammatory Interleukins in Co-Cultures of Neurons and Glial Cells at Therapeutic and Sub-Therapeutic Concentrations. Current Alzheimer Research, v. 13, n. 8, p. 848-852, 2016. Citações Web of Science: 6.
POLHO, G. B.; DE-PAULA, V. J.; CARDILLO, G.; DOS SANTOS, B.; KERR, D. S. Leukocyte telomere length in patients with schizophrenia: A meta-analysis. SCHIZOPHRENIA RESEARCH, v. 165, n. 2-3, p. 195-200, JUL 2015. Citações Web of Science: 36.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.