Busca avançada
Ano de início
Entree

Quando falha o controle: crimes dè escravos contra senhores. Campinas, 1840/1870

Processo: 13/14604-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de setembro de 2013 - 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Maria Helena Pereira Toledo Machado
Beneficiário:Maria Helena Pereira Toledo Machado
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Escravidão  História do Brasil Império  Crime 

Resumo

Estudo de história social da escravidão sobre crimes cometidos por escravos contra seus senhores na cidade de Campinas. Tem como objetivo compreender quem eram os escravos que cometiam delitos tão graves e quais as motivações por eles alegadas - ou a eles atribuídas - para justificar suas ações. Duas dinâmicas podem ser estudadas: a relação dos escravos com os senhores, que culminou no assassinato dos últimos, e as relações horizontais dos escravos com seus companheiros, os laços afetivos e sociais por eles estabelecidos. Pode-se, assim, esclarecer tanto o momento excepcional do crime como outras interações que o precederam e motivaram.Os momentos focados são: o final da década de 1840, quando aconteceram três crimes, pelos quais quatro escravos africanos foram condenados à morte; e a década de 1870, com cinco delitos e quatorze escravos, provenientes de diferentes regiões do Império.A análise é realizada através do cruzamento de processos criminais, abertos e conduzidos por autoridades policiais e judiciais com o fim de apurar os fatos e punir os culpados; e dos inventários post-mortem dos senhores, que listavam e avaliavam os bens por ele deixados em herança. (AU)