Busca avançada
Ano de início
Entree

VI seminário de Etnobiologia e Etnoecologia do sudeste

Processo: 13/16053-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 27 de novembro de 2013 - 29 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Botânica Aplicada
Pesquisador responsável:Lin Chau Ming
Beneficiário:Lin Chau Ming
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Etnobiologia  Etnobotânica  Legislação ambiental 

Resumo

O Vi seminário de etnobiologia e etnoecologia do sudeste tem em sua programação palestras, minicursos, mesas redondas, fórum sobre a legislação nas pesquisas de etnobiologia e etnoecologia, apresentação de trabalhos científicos e programação cultural variada com a exposições, feira de troca de sementes e apresentações lúdicas. Serão sete palestras, abordando as diferentes áreas das etnociencias: manjeo e domesticação da paisagem, etnofarmacologia e bioprospecção, etnozoologia, resgate de conhecimentos trdicionais, etnoecologia e conservação ambiental, domesticação de plantas, mudanças climáticas e comunidades tradicionais. Uma mesa redonda sobre etnobiologia e segurnaça alimentar com quatro convidados. Um seminário dividido em três partes sobre o impacto da legislação no desenvolvimento das etnociencias com a participação de pesquisadores, empresas e representantes do governo, comunidades tradicionais e ong,o objetivo deste espaço é buscar uma compreensão e um caminho para o entendimento dos diferentes grupos de interesse sobre esta legislação. São dez minicursos programados: plantas alimentícias não convencionais, cursos sobre a legislação na pesquisa, etnobotanica quantitativa, artesanato e preservação ambiental, etnobotanica histórica, etnobotanica qualitativa, pesquisa participativa, publicação de artigos cientificos em etnobiologia e etnoecologia, melhromaneto participativo como ferramenta para a conservação. Durante as atividades culturais estão programadas: exposição de fotografias, exposição de cestarias e instrumentos musicais, lançamento de publicações e livros, feira de troca de sementes e apresentações musicais.São aguardados cerca de 300 participantes entre estudantes de graduação e pós graduação, pesquisadores e profissionais de diferentes formações acadêmicas: agronomos, biólogos, antropólogos, geógrafos, geólogos, médicos, farmacêuticos, advogados, cientistas sociais, historiadores, entre outros. (AU)