Busca avançada
Ano de início
Entree

Overdentures mandibulares retidas por um ou dois implantes: um estudo clínico randomizado

Resumo

Overdentures mandibulares retidas por implantes representam uma opção de tratamento para pacientes edêntulos na tentativa de melhorar a retenção e estabilidade de suas próteses totais inferiores e o desempenho mastigatório, com efeito positivo na qualidade de vida destes pacientes. Entretanto, as evidências ainda não são conclusivas sobre a eficácia deste tratamento utilizando-se um implante comparado às overdentures retidas por dois implantes. Objetivos: Avaliar e comparar aspectos relacionados ao tratamento com overdentures mandibulares retidas por um ou dois implantes, de acordo com os seguintes desfechos: 1- Qualidade de vida; 2- Satisfação dos pacientes com dentaduras convencionais e overdentures; 3- Desempenho mastigatório; 4- Movimentos tridimensionais da mandíbula e da prótese total superior durante a mastigação; 5- Perda óssea marginal do implante e; 6- Profundidade de sondagem, índice de sangramento e de placa na região peri-implantar. Metodologia: Indivíduos desdentados totais receberão novas próteses totais bimaxilares e, após o período de adaptação, serão randomicamente divididos em dois grupos e posteriormente submetidos à instalação de um (GI) ou dois (GII) implantes na região anterior da mandíbula. Após 4 meses serão instalados pilares o'rings sobre os implantes e será realizada a captura das cápsulas e anéis de retenção. A qualidade de vida, satisfação com as próteses, desempenho mastigatório, além dos movimentos mandibulares e da prótese total superior durante a mastigação serão avaliados nos seguintes períodos: antes da cirurgia, 3, 6 e 12 meses após a ativação dos implantes. A perda óssea marginal aos implantes será avaliada em dois períodos: no momento da ativação dos implantes e após um ano. Além disso, serão realizadas avaliações clínicas peri-implantares (profundidade de sondagem, índice de sangramento e índice de placa) em diferentes períodos: uma semana, 1 mês e um ano após a ativação dos implantes. Os resultados para cada uma das variáveis serão submetidos à análise estatística com nível de significância de 5%, por meio do programa IBM SPSS Statistics, (versão 19.0), utilizando teste adequado de acordo com o tipo da variável e com a aderência dos dados a normalidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PALEARI, ANDRE GUSTAVO; DE OLIVEIRA JUNIOR, NORBERTO MARTINS; MENDOZA MARIN, DANNY OMAR; RODRIGUEZ, LARISSA SANTANA; ARIOLI FILHO, JOAO NEUDENIR; PERO, ANA CAROLINA; COMPAGNONI, MARCO ANTONIO. One-year prospective clinical study comparing patient satisfaction and masticatory performance of mandibular overdentures supported by one versus two implants. Journal of Applied Oral Science, v. 26, . (12/03809-2, 12/08856-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.