Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da influência da radiação ionizante sobre os nanofluidos visando aplicações em novas gerações de reatores nucleaes

Processo: 13/11703-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2013 - 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Nuclear - Tecnologia dos Reatores
Pesquisador responsável:Marcelo da Silva Rocha
Beneficiário:Marcelo da Silva Rocha
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Adelk de Carvalho Prado ; Ana Cecília de Souza Lima ; Anderson Antonio Ubices de Moraes ; Antonio Belchior Junior ; Delvonei Alves de Andrade ; Eduardo Lobo Lustosa Cabral ; Gaianê Sabundjian ; Gherhardt Ribatski ; Hélio Yoriyaz ; Larissa Otubo ; Tufic Madi Filho
Assunto(s):Reatores nucleares  Termodinâmica  Transporte de calor  Nanofluidos  Propriedades físicas  Radiação ionizante 

Resumo

Este projeto de pesquisa tem como objetivo investigar as propriedades físicas de nanofluidos associadas às suas capacidades de transporte de calor, tendo em vista a possibilidade de aplicação em reatores nucleares. O projeto consiste em realizar estudos teóricos e experimentais com nanofluidos que resultem no avanço do conhecimento sobre suas propriedades físicas com e sem a ação da radiação ionizante. Os nanofluidos à base de óxidos metálicos Al2O3, TiO2, BeO, ZrO2, reconhecidamente eficientes no processo de transporte de altos fluxos de calor, têm sido considerados promissores para a utilização em sistemas de alta tecnologia, mas os seus comportamentos sob a ação de radiação ionizante ainda são pouco conhecidos. Suas propriedades físicas, principalmente a condutividade térmica, os classificam como fluidos promissores para aplicações nas futuras gerações de reatores nucleares em desenvolvimento. Com o objetivo de melhor compreender os efeitos da radiação ionizante sobre os nanofluidos e sua capacidade de transporte de altos fluxos de calor, serão feitas análises e experimentos para medição de algumas propriedades físicas como a condutividade térmica, densidade, viscosidade e ângulo de contato com a superfície antes e depois de irradiadas as amostras. O projeto contará com a parceria de pesquisadores de outras instituições nacionais que já possuem conhecimento formado sobre nanofluidos, contribuindo para o desenvolvimento desse conhecimento em âmbito nacional. Os resultados das investigações serão importantes para o desenvolvimento do conhecimento do comportamento dos nanofluidos sob a ação da radiação ionizante, viabilizando, no futuro, suas aplicações em novas gerações de reatores nucleares, além de contribuir para o desenvolvimento do conhecimento e formação de novos pesquisadores na área nuclear e de nanotecnologia no Brasil. (AU)