Busca avançada
Ano de início
Entree

Difusão eletroacústica e espacialização sonora em tempo real via MPSP

Processo: 13/04226-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2013 - 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Florivaldo Menezes Filho
Beneficiário:Florivaldo Menezes Filho
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Música eletroacústica  Interatividade 

Resumo

Criar (conceber e elaborar) um aplicativo (software) que permita a elaboração e controle em tempo real de trajetórias sonoras, numa versão específica para concertos do programa MPSP (MusicPanSPace) por mim concebido em 2009. A Pesquisa compreenderá escritura do programa, testes experimentais com equipamentos necessários à sua realização, tanto no interior do laboratório eletroacústico da Unesp (Studio PANaroma) quanto no Teatro de Música do Instituto de Artes, onde se encontra o PUTS (orquestra de alto-falantes), e concertos que, uma vez concluída a Pesquisa, utilizarão o sistema. Se o MPSP destina-se à composição em tempo diferido das trajetórias espaciais, faz-se necessário uma versão radicalmente reconcebida de suas operações em tempo real, para sua total integração no ato interpretativo da difusão eletroacústica em concerto.Para tanto, as seguintes implementações deverão ser realizadas na estrutura de base do MPSP, o que significa uma verdadeira re-escritura do programa:*permitir o carregamento rápido e flexível de arquivos de áudio multipistas ou de vários canais simultaneamente, a ponto de o usuário poder valer-se de arquivos no mínimo quadrifônicos (e idealmente octofônicos) que, com uma simples função de "open", possam ser automaticamente carregados e "splittados" (divididos) em seus diversos canais pelo programa, a ponto de cada canal receber seu próprio tratamento espacial ou se submeter à sua trajetória espacial pré-concebida e/ou controlada em tempo real;*permitir que cada arquivo de áudio possa ser acessado a não importa qual momento de sua duração e simultaneamente aos outros arquivos dos demais canais do programa;*permitir o controle individualizado do decurso temporal de cada canal, de modo a desvincular temporalmente os acontecimentos simultâneos;*permitir a variação e a livre definição da configuração dos alto-falantes em um determinado sistema de difusão eletroacústica; pretende-se, nesse contexto, definirem-se presets com algumas configurações de base (incluindo aí, obviamente, a configuração mais atual do PUTS, além de outras configurações mais comuns em situações de concertos na prática internacional da difusão de obras eletroacústicas); nesse contexto, procurar-se-á possibilitar idealmente um controle de outputs de no mínimo 16 canais (dois planos octofônicos), mas verificar-se-á a possibilidade de ampliação dinâmica deste controle, com o acréscimo potencial, dentro das definições do programa, de mais alto-falantes no sistema, em especial de alto-falantes frontais, condizentes com a noção de projeção sonora ("cinema para os ouvidos"), de modo a chegarmos idealmente ao controle individualizado de até 32 canais (nas Justificativas dos Itens solicitados, pode-se perceber a descrição precisa deste controle pelas vias da implementação de uma matrix em hardware e software - sistema TiMax2 - que permitirá o agenciamento de 16 canais analógicos e 16 canais digitais);*permitir a alteração em tempo real dos parâmetros das trajetórias e do comportamento dinâmico sonoro das pistas individualmente;*permitir o controle e alteração simultâneos de todas as trajetórias de todos os sons projetados em tempo real;*permitir que tais alterações e tais controles das trajetórias sejam efetuadas também por interfaces gestuais, tornando o programa, através da gestualidade operante, muito mais próximo da noção de "instrumento" e, consequentemente, aproximando consideravelmente o papel daquele que está à frente da difusão eletroacústica do papel de intérprete espacial da obra em questão em concerto. (AU)