Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da irrigação ultrassônica passiva na redução de bactérias e endotoxinas dos canais radiculares: um estudo clínico randomizado

Processo: 13/02923-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2013 - 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Giulio Gavini
Beneficiário:Giulio Gavini
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Ericka Tavares Pinheiro ; Marcia Pinto Alves Mayer ; Vitor Cesar Nakamura
Assunto(s):Instrumentos odontológicos  Equipamento odontológico  Irrigantes do canal radicular  Preparo de canal radicular 

Resumo

O preparo químico-mecânico (PQM) com irrigação de hipoclorito de sódio (NaOCl) promove uma redução significativa da quantidade de micro-organismos e endotoxinas dos canais radiculares; mas, após o PQM, aproximadamente 50% dos canais ainda contêm bactérias em níveis detectáveis por métodos moleculares. Portanto, procedimentos suplementares de desinfecção têm sido propostos para auxiliar o controle microbiano; dentre eles, pode-se destacar a irrigação ultrassônica passiva (PUI, do inglês Passive Ultrasonic Irrigation). O objetivo do presente estudo clínico é comparar os resultados de dois protocolos de irrigação, PUI e irrigação convencional, na redução de bactérias e endotoxinas dos canais radiculares. Serão selecionados 50 pacientes com necessidade de tratamento endodôntico de dentes com periodontite apical primária. Os pacientes serão divididos de forma randomizada em dois grupos distintos, de acordo com o protocolo de irrigação a ser utilizado durante o tratamento: PUI - irrigação ultrassônica passiva (n=25) e irrigação convencional (n=25). O PQM de todos os dentes será realizado com instrumentos rotatórios de níquel-titânio. As soluções irrigadoras utilizadas serão: NaOCl 2,5%, durante o preparo; e EDTA-T 17%, para remoção da smear layer. Os canais radiculares serão preenchidos com pasta de hidróxido de cálcio por 14 dias e obturados. Serão realizadas coletas microbiológicas dos canais radiculares antes (S1) e após o PQM (S2), após os diferentes protocolos de irrigação final (S3), e após a medicação intracanal (S4). As amostras serão analisadas por PCR em Tempo Real, para analisar a redução do total de bactérias após os procedimentos de desinfecção; e pelo teste de LAL (Limulus amebocyte lysate assay) para quantificação de endotoxinas. Testes estatísticos apropriados serão realizados para avaliar o resultado dos testes microbiológicos e o grupo do tratamento. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PRADO, LAIS CUNHA; GAVINI, GIULIO; SILVEIRA, AMANDA DA COSTA; NAKAMURA, VITOR CESAR; ALVES MAYER, MARCIA PINTO; PINHEIRO, ERICKA TAVARES. Comparison of rRNA-based reverse transcription PCR and rDNA-based PCR for the detection of streptococci in root canal infections. Journal of Applied Oral Science, v. 27, 2019. Citações Web of Science: 0.
NAKAMURA, V. C.; PINHEIRO, E. T.; PRADO, L. C.; SILVEIRA, A. C.; CARVALHO, A. P. L.; MAYER, M. P. A.; GAVINI, G. Effect of ultrasonic activation on the reduction of bacteria and endotoxins in root canals: a randomized clinical trial. International Endodontic Journal, v. 51, n. 1, SI, p. E12-E22, JAN 2018. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.