Busca avançada
Ano de início
Entree

Building a digital bridge for research collaboration between Ohio State University and São Paulo Campuses

Processo: 13/50392-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2013 - 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Telecomunicações
Convênio/Acordo: Ohio State University
Pesquisador responsável:Marcos Antonio Simplicio Junior
Beneficiário:Marcos Antonio Simplicio Junior
Pesq. responsável no exterior: Marcio Faerman
Instituição no exterior: Ohio State University, Estados Unidos
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/21592-8 - Segurança em sistemas de IPTV baseados em peer-to-peer, AP.R
Assunto(s):Tecnologia da comunicação  Redes e comunicação de dados  Projetos de tecnologias de informação e comunicação  Acordos de cooperação científica e tecnológica 

Resumo

Neste projeto, os pesquisadores de São Paulo e do estado de Ohio irão trabalhar juntos para desenvolver uma infraestrutura de rede fim-a-fim que disponibilizará serviços de comunicação avançados e de alta velocidade para trabalhos colaborativos online de tráfego intenso de dados. O objetivo é estruturar o caminho para a colaboração remota entre a Universidade do Estado de Ohio e a Universidade de São Paulo. Tanto São Paulo e Ohio foram selecionados e estão desenvolvendo projetos com rede DMZ Científica, utilizando os mesmos princípios e decisões de arquitetura desenvolvidos pelo Departamento de Energia dos Estados Unidos, visando gerenciar e melhorar o desempenho de tráfego intenso de dados, conectando esta rede a laboratórios e instalações estratégicas. A tecnologia é baseada na segregação do tráfego e em infraestrutura, serviços e políticas específicas para melhorar o desempenho do tráfego. A aplicação a ser usada para validar a infraestrutura internacional entre São Paulo e Ohio será o sistema IPTV P2P, financiado pela FAPESP. Essa aplicação será usada para validar a infraestrutura de rede internacional entre os dois estados. Além disso, tem-se a vantagem de estabelecer um ambiente colaborativo para troca de pesquisas entre São Paulo e OSU, que permitirá o intercâmbio entre pesquisadores de todas as disciplinas em ambos os países. A longo prazo, este projeto facilitará a implantação de vários serviços avançados de rede. (AU)