Busca avançada
Ano de início
Entree

Aproveitamento da lama de lavagem de areia reciclada de RCD, em olarias do município de Socorro

Processo: 05/59869-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de setembro de 2006 - 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Construção Civil
Pesquisador responsável:Raquel Valério de Sousa
Beneficiário:Raquel Valério de Sousa
Empresa:Irmãos Preto Materiais para Construção Ltda. - ME
Município: Socorro
Bolsa(s) vinculada(s):12/12804-4 - Caracterização físico-química e microbiológica de água e areia obtida em processo via úmida de reciclagem de materiais de construção civil, para padronização da qualidade total, BP.TT
06/56780-0 - Aproveitamento da lama de lavagem de areia reciclada em olarias do município de Socorro, BP.PIPE
Assunto(s):Areia (materiais de construção)  Entulho  Reciclagem  Tijolos  Olarias 

Resumo

A falta de desenvolvimento dos processos de reciclagem de resíduos de construção e demolição (RCD), principalmente no Brasil, gera materiais de baixo valor agregado, utilizados basicamente em pavimentação. Aplicações mais nobres seriam possíveis se as operações unitárias de beneficiamento do RCD fossem otimizadas, com diminuição da variabilidade final das características dos materiais reciclados e suprir, como matérias-primas, vários setores, inclusive o cerâmico. Neste estudo, especialmente, pretende-se caracterizar os materiais obtidos no processo de reciclagem via úmida, implantado em escala piloto na Usina de Reciclagem de Entulho do Município de Socorro, pelo auxílio FAPESP 01/11916-9, aqui com vistas à fabricação de produtos cerâmicos, de maior valor agregado (tijolos) e que possam viabilizar o processo na região, tanto do ponto de vista econômico, quanto ambiental. Para os estudos desenvolvidos e aplicados na Usina, através do citado auxílio, alguns equipamentos foram adquiridos, como alimentador, peneirador e moinho, e poderão ser inclusive agora aproveitados pelo projeto em proposição, pelo menos na sua fase 1. No proceso atual de lavagem da areia reciclada é utilizado um classificador espiral piloto, gerando uma grande quantidade de finos (lama) e alguns parâmetros do processo já estão sendo medidos por estudo seqüencial de mestrado, também no âmbito do auxílio citado. Assim, a eficiência do processo nas condições atuais será avaliada no início deste projeto e, na sequência, serão amostrados os materiais para a caracterização, visando o uso industrial cerâmico em olarias do município de Socorro. Prevêem-se testes em escala semi-industrial na segunda fase, em olarias a serem escolhidas na fase 1 e, finalmente, o projeto será encerrado com a transferência de tecnologia para a usina de reciclagem e a(s) indústria(s) cerâmica(s) participante(s). A responsável por esta pesquisa estará apta também à multiplicação do projeto em outras usinas que possam ter potencial para este tipo de processo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.