Busca avançada
Ano de início
Entree

Inclusão de glicerina bruta em substituição parcial ao milho no desempenho e metabolismo de ovinos

Resumo

Devido ao incentivo que impulsiona a produção do biodiesel, a grande disponibilidade de glicerina bruta chamou a atenção e hoje também é aplicada na nutrição animal. Para avaliar o seu uso em dietas para ovinos foram propostos três experimentos. Experimento 1: Cinquenta cordeiros, machos não castrados, da raça Santa Inês serão utilizados para avaliar os efeitos da inclusão de glicerina bruta em substituição parcial ao milho em rações de alta proporção de concentrado sobre o desempenho, características da carcaça e da carne. As rações experimentais serão compostas por 90% de concentrado e 10% de feno. Os teores de substituição adotados serão: 0, 5, 10, 15 e 20% de glicerina bruta, que corresponderão aos tratamentos G0, G5, G10, G15 e G20, respectivamente. Serão analisadas as variáveis: ganho de peso diário, consumo de matéria seca, eficiência alimentar, parâmetros sanguíneos (atividade da aspartato aminotransferase-AST e gama-glutamil transferase-gama GT), características da carcaça (rendimento de carcaça quente e fria, área de olho de lombo, espessura de gordura subcutânea e espessura da parede corporal) e características da carne (pH, cor, força de cisalhamento, perdas de peso por cozimento, capacidade de retenção de água, extrato etéreo e perfil de ácidos graxos). Experimento 2: cinco borregos da raça Santa Inês, canulados no rúmen, serão utilizados em um delineamento de Quadrado Latino 5 X 5, para determinar os efeitos da utilização de dietas compostas por 90% de concentrado e 10% de feno, com 0, 5, 10, 15 e 20% de glicerina bruta em substituição parcial ao milho, sobre a digestibilidade dos nutrientes, parâmetros ruminais, sanguíneos (insulina e glicose) e consumo de água. Experimento 3: serão utilizadas 118 ovelhas com 90 dias de prenhez e que serão divididas aleatoriamente em dois tratamentos. As dietas serão compostas por 70% de concentrado e 30% de volumoso, com 0 ou 10% de glicerina bruta substituindo o milho. Serão realizadas quinzenalmente colheitas de sangue dos animais para posterior determinação de glicose plasmática, ácido graxo não esterificado e insulina. Dos animais que iniciarem o experimento, 16 ovelhas de cada tratamento serão utilizadas para avaliação de desempenho produtivo na lactação, juntamente com suas crias. Serão analisadas as variáveis: consumo de matéria seca das ovelhas e cordeiros, produção e composição do leite, peso e escore de condição corporal das ovelhas, parâmetros sanguíneos (glicose, ácidos graxos não esterificados e insulina) e desempenho das crias. (AU)