Busca avançada
Ano de início
Entree

Silenciamento gênico por meio de interferência por RNA (RNAi) in vivo: modulação do receptor opióide tipo kappa no estriado de ratas nulíparas e primíparas e sua implicação no comportamento maternal

Processo: 13/03912-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2013 - 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia
Pesquisador responsável:Elizabeth Teodorov
Beneficiário:Elizabeth Teodorov
Instituição-sede: Centro de Matemática, Computação e Cognição (CMCC). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/20098-8 - Silenciamento gênico por meio de interferência por RNA (RNAi) in vivo: modulação do receptor opióide tipo kappa no estriado de ratas nulíparas e primíparas e sua implicação no comportamento maternal, BP.TT
14/00169-8 - Silenciamento gênico por meio de interferência por RNA (RNAi) in vivo: modulação do receptor opióide tipo kappa no estriado de ratas nulíparas e primíparas e sua implicação no comportamento maternal, BP.TT
Assunto(s):Neurofarmacologia  Biologia molecular  Nociceptividade  Interferência de RNA  Inativação gênica  Receptores opioides 

Resumo

A técnica de interferência por RNA (RNAi) oferece um grande potencial não somente para silenciamento de genes alvo in vitro, como também vem se mostrando uma nova estratégia terapêutica baseada em um silenciamento eficiente de um gene alvo in vivo, como por exemplo, em terapias para tumores e outros tipos de desordens genéticas e infecções virais, bem como valida modelos animais para estudos de doenças que afetam o sistema nervoso central entre outras patologias. Em termos gerais, o resultado esperado é uma queda na produção de proteínas, já que se promove a supressão dos processos de tradução, denominado silenciamento gênico pós-transcricional e que ocorre de maneira sequência-específica. Estudos recentes em nossos laboratórios vêm avaliando a biologia molecular dos receptores opióides em regiões do encéfalo de ratas de acordo com o estado fisiológico/reprodutivo, bem como as modulações moleculares induzidas por tratamento farmacológico com agonistas opioidérgicos, os quais evidenciarem importante função do receptor opióide tipo kappa quando da avaliação do comportamento maternal e desenvolvimento físico e neurocomportamental das proles. Por outro lado, trabalhos com antagonistas seletivos opioidérgicos não têm se mostrado eficientes, o que dificulta o entendimento do real papel de cada subtipo de receptor opióide nesse contexto. Esse projeto pretende complementar esses estudos e padronizar, validar e implementar a técnica de RNAi in vivo em nossos laboratório para produção de animais knockdown para o receptor opióide tipo kappa no corpo estriado e assim, melhor elucidar o papel biologia molecular de receptores opióides na modulação do comportamento maternal em ratas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
REIS-SILVA, THIAGO M.; COHN, DANIEL W. H.; SANDINI, THAISA M.; UDO, MARIANA S. B.; TEODOROV, ELIZABETH; BERNARDI, MARIA MARTHA. Prenatal lipopolysaccharide exposure affects sexual dimorphism in different germlines of mice with a depressive phenotype. Life Sciences, v. 149, p. 129-137, MAR 15 2016. Citações Web of Science: 1.
NASCIMENTO, AMANDA F.; ALVES, GLAUCIE JUSSILANE; MASSOCO, CRISTINA O.; TEODOROV, ELIZABETH; FELICIO, LUCIANO F.; BERNARDI, MARIA MARTHA. Lipopolysaccharide-Induced Sickness Behavior in Lactating Rats Decreases Ultrasonic Vocalizations and Exacerbates Immune System Activity in Male Offspring. NEUROIMMUNOMODULATION, v. 22, n. 4, p. 213-221, 2015. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.