Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmicas espacial e temporal de Huanglongbing (HLB) e seu inseto vetor Diaphorina citri em pomares cítricos: implicações para o controle da doença e métodos de amostragem

Processo: 13/20296-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2013 - 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:José Belasque Junior
Beneficiário:José Belasque Junior
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Pesq. associados:Armando Bergamin Filho ; Nelson Arno Wulff ; Pedro Takao Yamamoto
Assunto(s):Controle fitossanitário  Greening (doença de planta)  Insetos vetores  Diaphorina citri  Citricultura  Manejo integrado 

Resumo

A doença Huanglongbing (HLB, Greening) é umas das principais enfermidades que afeta a cultura dos citros em todo mundo. O HLB foi detectado oficialmente em São Paulo em 2004 e já se encontra em mais da metade dos pomares cítricos do estado. Não há métodos curativos para essa doença e minimizam-se seus danos com a eliminação frequente de plantas com sintomas da doença e com o controle do inseto vetor (o hemíptero Diaphorina citri). A manutenção de plantas doentes e de populações de D. citri infectivas resulta em risco para a viabilidade econômica de pomares nos quais são empregadas as estratégias de controle do HLB (eliminação de plantas e controle do vetor). Na presente proposta de pesquisa, pomares adjacentes, com e sem controle da doença (e do vetor), serão avaliados objetivando determinar as distâncias de influência de áreas mantidas com inóculo do patógeno (HLB) sobre áreas mantidas com controle. Os resultados a serem obtidos permitirão comparar a efetividade do emprego de estratégias regionais e locais na manutenção de baixas incidências do HLB. Também serão propostos protocolos para a amostragem de plantas com sintomas da doença e do vetor, metodologias essas ainda não determinadas nas condições de produção citrícola em São Paulo. Para isso serão aplicados métodos de modelagem estocástica, modelos de dispersão espacial e temporal, índices de agregação e de correlação espacial, estatística multivariada e análise de sobrevivência, para um conjunto de dados correspondentes a três anos de avaliação de pomares comerciais mantidos em São Paulo com e sem controle do HLB e de D. citri. (AU)