Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do efeito do fator estimulador de colônia de Ganulócitos associado a metilpredinisolona na lesão medular aguda experimental em ratos

Processo: 13/14230-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2013 - 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Alexandre Fogaça Cristante
Beneficiário:Alexandre Fogaça Cristante
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: William Gemio Jacobsen Teixeira
Assunto(s):Traumatismos da medula espinal  Metilprednisolona  Fator estimulador de colônias de granulócitos 

Resumo

Nas últimas décadas, várias pesquisas foram realizadas na tentativa de obter-se um tratamento mais efetivo para a lesão medular espinal. Todas essas pesquisas envolvem basicamente quatro formas de abordagem do paciente com lesão medular aguda, a cirúrgica, a por meios físicos, a biológica e a farmacológica. Dentre os métodos de tratamento farmacológico, os corticoesteróides estão protocolados para uso clínico em humanos. A metilprednisolona, em ensaios clínicos randomizados, prospectivos, duplo-cegos, tem comprovação clínica de sua eficácia. Além da ação anti-inflamatória, atua no aumento do fluxo sanguíneo, na estabilização da membrana celular e na inibição da peroxidação lipídica, com consequente diminuição da formação de radicais livres. O fator estimulador de colônia de granulócitos é uma glicoproteína mais conhecida pelo seu papel como fator estimulador de crescimento para células progenitoras hematopoiéticas. Estudos demonstram que o G-CSF também tem funções não hematopoiéticas e podem aumentar a regeneração tecidual de diversos órgãos como o cérebro, coração e medula espinal. Na fase aguda do traumatismo raquimedular, mobiliza células derivadas da medula óssea para a medula espinal lesionada, onde diretamente suprime a apoptose neuronal, suprime a morte de oligodendócitos, protege a mielina e suprime a expressão de citocinas inflamatórias como TNF-alfa e IL-1 beta. Na fase subaguda, estimula a angiogênese após o traumatismo raquimedular. Este estudo tem como objetivo avaliar, em um modelo experimental padronizado de ratos submetidos à lesão medular aguda, o efeito combinado do fator estimular de colônia de granulócitos ao uso de metilprednisolona com relação ao resultado de recuperação funcional, neurofisiológico e anátomo-patológico. Utilizaremos 40 ratos Wistar que serão separados aleatoriamente (por sorteio) e formaram quatro grupos de dez animais cada:*Grupo Controle - ratos submetidos à lesão medular moderada através de um equipamento computadorizado para impacto medular por queda de peso - NYU Impactor® ("New York University Spinal Cord Contusion Sistem - Impactor"), a 25 mm de altura;*Grupo G-CSF - ratos submetidos ao mesmo protocolo de lesão moderada com o NYU Impactor, os quais serão submetidos a tratamento com Fator Estimulador de Colônia de Granulócitos no momento da lesão e diariamente por 5 dias;*Grupo G-CSF/Metilprednisolona - ratos submetidos a tratamento com Fator Estimulador de Colônia de Granulócitos no momento da lesão e diariamente por 5 dias e metilprednisolona por 24 horas;*Grupo Metilprednisolona - ratos submetidos ao mesmo protocolo de lesão moderada com o NYU Impactor, submetidos a tratamento com metilprednisolona por 24 horas;Os animais serão mantidos vivos por 35 dias. A avaliação da recuperação funcional será feita através da escala BBB nos dias 2, 7, 14, 21, 28, 35. A avaliação neurofisiológica por potencial evocado somato-sensitivo e motor será realizada no dia 35. A avaliação histológica da área de lesão medular será realizada após eutanásia, no dia 35, após ressecção da medula espinal dos animais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
JACOBSEN TEIXEIRA, WILLIAM GEMIO; CRISTANTE, ALEXANDRE FOGACA; MARCON, RAPHAEL MARTUS; BISPO, GUSTAVO; FERREIRA, RICARDO; PESSOA DE BARROS-FILHO, TARCISIO ELOY. Granulocyte Colony-Stimulating Factor Combined with Methylprednisolone Improves Functional Outcomes in Rats with Experimental Acute Spinal Cord Injury. Clinics, v. 73, p. -, 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.