Busca avançada
Ano de início
Entree

Estabelecimento de Central Analítica Multiusuário de Instrumentação Analítica do CENA

Processo: 13/24265-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Vigência: 01 de janeiro de 2014 - 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Tsai Siu Mui
Beneficiário:Tsai Siu Mui
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Pesq. associados:Elias Ayres Guidetti Zagatto ; Francisco José Krug
Assunto(s):Recursos para a pesquisa  Infraestrutura  Reserva técnica  Equipamentos e provisões  Laboratórios  Espectrometria  Química analítica  Métodos analíticos de preparação de amostras 

Resumo

A crescente expansão da capacidade analítica dos equipamentos tradicionais e o significativo desenvolvimento de novas tecnologias de análises têm levado a um incremento do poder de detecção e de quantificação de analitos. A automação tem também permitido uma maior processividade (high-throughput) nas análises. Aliado a estes aspectos, tem se verificado um contínuo downsizing, o que se reflete em uma redução expressiva do porte dos equipamentos, dos volumes de amostras e reagentes envolvidos, bem como a uma redução dos custos por cada análise. Essas inovações tecnológicas têm, em geral, levado a uma escalada dos custos individuais de aquisição e manutenção destes equipamentos modernos, eficientes e versáteis, que fornecem resultados altamente precisos, exatos e confiáveis. A processividade desses novos equipamentos favorece um ganho de escala na sua utilização, mas é, geralmente, muito superior à demanda de uso por um único grupo de pesquisa. Da mesma forma, o custo de aquisição e manutenção também restringe o estabelecimento desses equipamentos, em geral limitados a um único ou a poucos grupos de pesquisa. Esses condicionantes favorecem o estabelecimento de uma Central Multiusuário de Instrumentação Analítica do CENA, onde técnicos especializados com dedicação exclusiva atuariam com maior eficiência, aprimorando as análises. A disponibilidade de uma gama de possibilidades analíticas beneficiará a qualidade e abrangência dos projetos de pesquisa do CENA. Seguindo a tendência mundial, a expansão das atividades científicas da Universidade de São Paulo deve ser voltada ao incremento na produtividade com qualidade, o que favorece a uma maior especialização do uso dos recursos humanos e equipamentos. O estabelecimento de uma Central Multiusuário de Instrumentação Analítica permitirá ainda um melhor aproveitamento do corpo técnico do CENA, com a contratação de especialista de laboratório com a função específica de operar e gerir suas atividades. Dessa forma, haverá uso mais racional e eficiente do corpo técnico da Unidade. A presença de profissionais dedicados à Central permitirá um acompanhamento das inovações tecnológicas na área analítica para subsidiar o corpo docente nas decisões de aquisição ou atualização do parque de equipamentos. A implantação da Central permitirá ainda a implantação de sistemas de gestão da qualidade, com consequências sobre os resultados analíticos obtidos e sua acreditação em esferas externas à USP, bem como os benefícios na área de ensino pela exposição dos alunos a experiências próximas as demandas reais. A Central Multiusuário de Instrumentação Analítica do CENA permitirá o acesso dos docentes e pesquisadores a uma gama de possibilidades analíticas, sem envolver o ônus da aquisição de equipamentos, e o consequente estabelecimento e validação de protocolos. Haverá economia de recursos e menor envolvimento dos docentes e pesquisadores, evitando dispensar esforços para implantação e manutenção de parque analítico de caráter individual, o que permitirá um maior tempo de dedicação exclusiva ao foco científico de cada laboratório. A interação entre docentes da área de Química Analítica do CENA e o corpo técnico da Central permitirá também o desenvolvimento de métodos inovadores. A implantação de sistema de Gestão da Qualidade na Central servirá como pólo irradiador dessa cultura de qualidade aos demais laboratórios da Unidade, assim como um exemplo didático aos usuários da Central e aos demais frequentadores do CENA e de outras unidades do Campus Luiz de Queiroz'. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.